Ilusões de ótica: imagens que parecem uma coisa, depois outra

Você já viu uma imagem que parecia uma coisa, depois parecia outra? Isso pode ser um fenômeno de imagem biestável - um tipo de ilusão de ótica!

olho ilusao otica imagem biestavel
Imagem: Shutterstock Images

No mundo das ilusões de ótica, provavelmente, todo mundo já viu alguma figura ambígua. Em certo momento, você vê uma coisa; depois, percebe outra. E, às vezes, nem dá para controlar o que exatamente você enxerga. Esse fenômeno é denominado de percepção biestável ou multiestável. Temos essas percepções quando vemos figuras ou fotos que nosso sistema visual acaba achando muito ambíguo para interpretar como uma coisa só.

 olho ilusao otica imagem biestavel

Imagem: Shutterstock Images

Segundo cientistas, essas percepções estão relacionadas a expectativas ou conhecimentos pré-existentes em áreas no cérebro onde são codificados julgamentos como, por exemplo, “velho” e “novo”. As transições entre uma das percepções e o outra são chamadas de reversões perceptivas. Você tenta ver uma coisa, mas acaba vendo outra diferente. É até possível desenvolver um certo controle nesse processo, embora não seja fácil. Vamos ver alguns casos em que isso acontece.

cubo-necker-ilusao-otica

Imagem: Rodolfo Cubas / colaborador

O cubo de Necker

O cientista Louis Albert Necker apresentou em 1832 um dos mais antigos exemplos de ilusão de ótica envolvendo figuras biestáveis. Na imagem acima, em certo momento, parece que a face mais à frente está na parte inferior; depois, a impressão é que está na parte superior. Não há um jeito correto de ver a figura, porque o cruzamento das arestas dos cubos pode propor as duas visões. Então, seu cérebro fica alternando entre uma e a outra.

cubo necker ilusao otica imagem biestavel

Imagem: Rodolfo Cubas / colaborador

Moça ou velha?

A imagem abaixo, popularmente conhecida como “My wife and my mother-in-law” (minha esposa e minha sogra, em inglês) foi feita pelo cartunista britânico W. E. Hill e publicada em uma revista de humor em 1915. É um bom exemplo do que é interpretado pelo seu cérebro a partir de uma imagem estática.

wife mother law moca velha hill ilusao otica imagem biestavel

Imagem: W. E. Hill / Reprodução

A percepção de cada figura tende a ser estável até que você se atente a diferentes regiões ou contornos. Essas áreas tendem a favorecer uma percepção, enquanto outras favorecem outra diferente. Mesmo psicólogos acham difícil se atentar à figura da moça e de uma senhora idosa. Uma dica é: o queixo da jovem se torna o grande nariz da velhinha.

wife mother law moca velha hill ilusao otica imagem biestavel 1888

Imagem: Reprodução

wife mother law moca velha hill ilusao otica imagem biestavel

Imagem: Reprodução

 

LEIA TAMBÉM!

TEXTO e EDIÇÃO: Ricardo Piccinato