Home office: inspire-se nos projetos e trabalhe sem sair de casa!

São três projetos de home office ideais para quem adora trabalhar em casa e precisa de muita funcionalidade e organização em um único local

Por Juliana Borges - 24/03/2017

Foto: Roberto Morita

Quem nunca pensou em trabalhar no conforto do próprio lar? Para manter um bom rendimento é essencial ter um home office confortável, organizado e bem planejado, onde cada item tem um lugar específico e tudo fica sempre à mão.

Home office: projeto 1

home office com prateleiras e nichos

Foto: Rômulo Fialdini

Sonho de consumo

Os amantes da leitura vão se encantar por este escritório projetado pela arquiteta Andrea Pontes para uma empresária que trabalha em casa. O home office surgiu a partir de um antigo “quarto da bagunça”, localizado na garagem da residência. “Ele tinha uma forma quase triangular e um pé-direito de mais de 3m. Foi necessária uma marcenaria muito bem planejada para aproveitar ao máximo todo o espaço e para guardar a enorme quantidade de livros da moradora”, conta Andrea.

Bem aproveitado

O pé-direito foi mantido sem rebaixamento em forro de gesso, para que a marcenaria pudesse ocupar todo o espaço. Para acessar as áreas mais altas, a arquiteta projetou uma escada em inox que corre em tubos do mesmo material fixos na marcenaria.

Home office: projeto 2

escritório com cores neutras

Foto: Divulgação

Profissional e aconchegante

Em apenas 4m², o arquiteto Glaucio Gonçalves criou um escritório aconchegante e com uma característica rústica, optando por utilizar tons neutros no mobiliário personalizado, que remetem ao aspecto profissional necessário no espaço, complementados pelo painel de madeira de demolição, que garante o conforto. O resultado é um espaço leve e funcional!

Home office: projeto 3

escritório funcional e aconchegante

Foto: Roberto Morita

No improviso

As prateleiras são o destaque neste projeto de 6,50m² da arquiteta Raquel Martins de Souza, da Condecorar Arquitetura e Interiores. Apesar do aspecto improvisado, a organização do espaço e a simetria da marcenaria trouxeram a formalidade que é essencial para este tipo de cômodo.

Organizado

A marcenaria precisou ser bem pensada para solucionar o pouco espaço os itens da bancada e das prateleiras foram arrumados de forma que os itens de uso mais frequente fiquem sempre à mão. “O principal é setorizar cada coisa e comprar caixas e pastas que facilitem a rotina. Porém, os objetos usados para a organização também precisam ser comprados com consciência, respeitando as medidas do espaço existentes, pois a estética também contribui para a organização”, diz Raquel.

Texto: Laís Rodrigues

LEIA TAMBÉM