Santo Antônio: oração, simpatia, novena e história do santo casamenteiro

Santo Antônio, também conhecido como santo casamenteiro, é considerado um dos santos juninos mais famosos e sua celebração ocorre no da 13 de junho

Imagem ilustrativa de capa da matéria sobre a história de santo Antônio com a figura dele segurando o menino Jesus
Foto: Luis Renato do Nascimento/Colaborador

O santo casamenteiro e padroeiro dos pobres nasceu na cidade de Lisboa no dia 15 de agosto, provavelmente entre os anos de 1191 e 1195. Batizado como Fernando de Bulhões y Taveiro, Santo Antônio é homenageado no dia 13 de junho, data em que faleceu. Ficou curiosa e quer saber mais sobre a história de Santo Antônio? Então continue lendo!

A história de Santo Antônio

Foi muito conhecido por viver uma vida sem riquezas. Seu trabalho com os pobres se tornou essencial para que o reconhecessem como santo após sua morte. Isso aconteceu tão depressa que é considerada uma das canonizações mais rápidas da história.

Quando tinha 15 anos, ainda conhecido como Fernando, entrou como noviço no convento de São Vicente de Fora, em Lisboa. Foi nessa época em que o santo começou sua carreira religiosa e sua jornada para mais perto do Senhor. Após ingressar na Ordem dos Franciscanos, Santo Antônio encontrou a salvação para seu coração atormentado pelas disputas internas da Igreja. Para mostrar seu desejo de mudança, o santo abandonou seu nome de origem e mudou para Antônio.

Santo Antônio post

Foto: Pinterest

 

No Brasil, tem fama de ser o santo casamenteiro, sendo que o Dia dos Namorados é comemorado no dia 12 de junho por ser a véspera do Dia de Santo Antônio. Neste dia, as pessoas que desejam casar ou conseguir um namorado preparam simpatias para Santo Antônio, acompanhadas de orações.

Santo Antônio ficou conhecido como alguém que dava tudo de si para ajudar os pobres e necessitados e, naquela época, o dote era muito importante para que uma mulher pudesse se casar. Sabe-se que, mais de uma vez, ele reuniu moedas para que diversas mulheres pudessem obter o sagrado sacramento do matrimônio, assim surgiu sua fama que é conhecida até hoje.

Depois de conhecer a história de Santo Antônio, veja 5 rituais para te ajudar na vida amorosa:

 

1. Simpatia para casar logo

Pegue uma colher de pau, um pano de prato branco e uma calcinha sua nova também de cor branca. Embrulhe tudo em um pedaço de tecido vermelho e coloque embaixo da sua cama. Deixe lá por três dias. Depois, vá até uma igreja de Santo Antônio, olhe para a imagem do santo e, com muita fé, peça a ele que lhe arrume um casamento. Reze um Pai-Nosso e saia da igreja sem olhar para trás. Chegando em casa, desembrulhe os objetos e utilize-os normalmente.

2. Para arranjar um namorado

“Meu grande amigo Santo Antônio, tu que és o protetor dos namorados, olha para mim, para a minha vida, para os meus anseios. Defende-me dos perigos, afasta de mim os fracassos, as desilusões, os desencantos. Faz que eu seja realista, confiante, digna e alegre. Que eu encontre um namorado que me agrade, seja trabalhador, virtuoso e responsável. Que eu saiba caminhar para o futuro e para a vida a dois com as disposições de quem recebeu de Deus uma vocação sagrada e um dever social. Que meu namoro seja feliz e meu amor sem medidas. Que todos os namorados busquem a mútua compreensão, a comunhão de vida e o crescimento na fé. Assim seja”.

 

Santo Antônio: oração, simpatia, novena e história do santo casamenteiro

Foto: Pinterest

 

3. Novena para encontrar um amor

Primeiro, segundo e terceiro dias – (Faça o sinal da cruz) “Santo Antônio poderoso fostes por Deus determinado para cuidar de minha vida amorosa. Socorrei-me, ó, advogado generoso, para me arrumar um amor. Queremos um amor verdadeiro e eterno, sensível à caridade e ao carinho. Santo Antônio, vos prometemos fidelidade e dedicação. Arrumai-nos um coração.” (Reze uma Ave-Maria, um Pai-Nosso e uma Glória ao Pai).

4. Nunca perder o pagamento

No dia que for receber o pagamento, diga: “Meu amado Santo Antônio, que cuida dos trabalhadores com tanto apreço, não permita que hoje eu seja vítima de assalto, pois estou carregando por uma necessidade. Impeça, Santo Antônio, esse tipo de desgraça em minha vida. Assim seja!”. Para encerrar, reze um Pai-Nosso e ofereça-o ao santo.

5. Afastar ciúme

Acenda uma vela cor-de-rosa, com cautela para não se machucar, dentro de um copo e faça uma oração a Santo Antônio. Depois, solicite ao santo o amparo para acabar com o seu ciúme ou para amansar o seu par. Embrulhe o copo com os restos da vela em jornal e jogue em uma lixeira longe da sua casa. Muito cuidado para não se cortar.

 

Agora que você já sabe a história de Santo Antônio, compartilhe as informações com suas amigas!

 

Texto e pesquisa: Júlia Martins/Colaboradora | Fonte: Orações e Santos Populares, Pe. Paulo José Scopel, Salles Editora, 2004.

LEIA TAMBÉM: