5 hábitos que ajudam a emagrecer e proteger a saúde

Confira 5 dicas que podem ajudar quem deseja elevar a qualidade de vida por meio dos alimentos e proteger a saúde de maneira natural e eficaz

mulher-mercado-produtos-azeite-analisando
FOTO: Shutterstock

A reeducação alimentar é muito mais do que um termo. É uma verdadeira transformação no estilo de vida, que afeta uma série de áreas da saúde, como peso, humor, equilíbrio, disposição e muito mais! Então, confira 5 dicas que podem ajudar a quem deseja elevar a qualidade de vida por meio dos alimentos!

 

mulher-mercado-produtos-azeite-analisando

FOTO: Shutterstock

 

1. Compras conscientes

É interessante fazer uma lista com alimentos saudáveis e que agradem ao paladar, além de manter a disciplina na hora de escolher o que vai levar pra casa: se antes bolachas recheadas, refrigerantes e demais produtos prejudiciais à saúde compunham o carrinho, com a reeducação alimentar, esse costume deve ser eliminado. “É melhor se permitir um bombom, de vez em quando, a uma caixa inteira! Aconselho ainda não sair de casa com fome”, salienta a nutricionista Paula dos Santos Ribeiro.

2. Faça trocas saudáveis

Deixar de comer todos os alimentos aos quais já se está acostumado não é uma tarefa fácil de se conduzir. Entretanto, não é preciso abandonar todos pratos favoritos, sendo possível adequar ingredientes saudáveis às receitas, por exemplo, substituindo a farinha branca e o arroz pelas versões integrais, o leite integral pelo desnatado… As possibilidades para agradar ao paladar e permanecer saudável são enormes.

 

latas-aluminio-milho-ervilha

FOTO: Shutterstock

 

3. Esqueça os alimentos industrializados

Esta deve ser uma regra na hora de escolher os alimentos que vão para o carrinho. Deixar de lado temperos industrializados, pratos prontos (congelados), refrigerantes e sucos de caixinha é um grande passo para que a reeducação alimentar obtenha o sucesso esperado.

4. Não se esqueça dos exercícios

Juntamente à reeducação alimentar, existem outros fatores que certamente irão potencializar o resultado final. Além da força de vontade e da disciplina, os exercícios físicos também devem integrar a rotina. Pode ser qualquer atividade: caminhada, aulas de dança, pilates, natação, musculação… Opções é o que não faltam para que a saúde passe a fazer parte da rotina.

 

mulher-exercicio-treino-saude

FOTO: iStock e Getty Images

 

5. Não exagere no light e no diet

Apesar de esses produtos conterem menor quantidade de açúcar ou gordura, eles devem ser consumidos com moderação, já que, para compensar os ingredientes retirados, a quantidade de sódio é aumentada significativamente.

 

Texto Paula Santana

Consultoria Paula dos Santos Ribeiro, nutricionista

 

LEIA TAMBÉM: