Gorduras boas: confira 5 opções que fazem bem para a saúde

Além de ajudarem na função cerebral, elas são essenciais para o metabolismo e para a perda de peso!

gorduras boas
Foto: Pixabay

A palavra “gordura” por muito tempo foi associada a problemas de saúde e ganho de peso, mas isso não é uma verdade absoluta. Você sabia que existem as chamadas gorduras boas que trazem inúmeros benefícios para o organismo?

Elas podem ajudar em uma dieta equilibrada e a deixar o corpo mais estável. De acordo com o médico especialista em nutrologia e qualidade de vida, Theo Webert, as gorduras boas são necessárias para função cerebral, produção de hormônios, metabolismo, perda de peso, energia, função imune e resposta inflamatória.

“Sessenta por cento do cérebro é praticamente constituído por gordura. A gordura que comemos literalmente alimenta o nosso cérebro, ajudando nossas funções neurológicas e a clareza mental que nos permite viver de forma saudável”, afirma o especialista.

Quer saber quais são os alimentos ricos em gorduras boas? Então confira a lista que preparamos!

Gorduras boas: confira 5 opções que fazem bem para a saúde

 

1. Abacate

“Ele é um dos principais alimentos ricos em gordura positiva. Se embrulhado como um burrito em uma folha de nori, com brotos e verduras cultivadas, pode ser uma boa opção de fonte de nutrientes. Por ser de rápido consumo, pode ainda ser descascado, picado e armazenado no congelador. Antes de consumido, pode ser batido no liquidificador com cacau e até mesmo leite de amêndoas”, conta.

2. Manteiga ghee

Na verdade trata-se de um óleo purificado da própria manteiga, onde toda a água e os elementos sólidos e toxinas da gordura do leite e lactose são completamente removidos. “Ghee é um óleo de cozinha maravilhoso, que suporta o calor, mas pode ser usado também num misto de chá, onde utilizamos tulsi, adicionando uma colher de ghee, água de rosas, mel ou estévia”, diz o médico.

 

Gorduras boas

Foto: Shutterstock

 

3. Óleo de coco

“Ele é excelente para cozinhar, uma vez que também pode suportar o calor. Há quem utilize o óleo também nas receitas de uma barra de chocolate energético. Ele se une ao cacau, cogumelo reishi, cordyceps (fungo que com propriedades de combater o câncer) e um toque de mel. Para muitos, este é o impulso diário de energia”, indica o profissional.

4. Nozes e sementes

“As sementes de cânhamo, amêndoas, sementes de abóbora, castanha do Pará, semente de linhaça, castanhas, sementes de gergelim, avelãs, nozes, macadâmia e sementes de chia compõem uma boa parte de uma dieta equilibrada, ao lado de vegetais verdes. Leites produzidos a partir destas nozes, castanhas e sementes podem ser grandes fontes nutritivas numa alimentação balanceada. Há também como usar para receitas com panquecas, purê cremoso de batatas-doces, pudim de chia, macarrão e até queijo”, comenta o especialista.

5. Azeite

Azeite extra virgem é rico em gorduras monoinsaturada, que ajudam a aumentar os níveis de colesterol “bom”.

 

LEIA TAMBÉM: