Como fugir do autojulgamento? Estar bem com você mesmo é o segredo!

O boicote ou a autossabotagem, como é chamada, trata-se de uma expressão dificilmente usada no dia a dia, contudo, é um comport...

mulher-preocupada-mão na cabeça-segredo
FOTO: iStock/Getty Images

O boicote ou a autossabotagem, como é chamada, trata-se de uma expressão dificilmente usada no dia a dia, contudo, é um comportamento bem mais comum do que imaginamos.

segredo-medo-punição

FOTO: Reprodução

 

Tomamos uma decisão, mas não criamos na nossa vida os hábitos necessários para realizarmos a nossa meta – ficamos a um passo do nosso próprio boicote”, explica a coach especialista em desenvolvimento pessoal, Paula Abreu.

 

É preciso planejar

Não há como evitar o fracasso, muitas vezes é preciso dar de cara contra a parede, mas, é possível planejar de forma cautelosa toda a sua vida, dar um passo de cada vez, caminhar de acordo com as possibilidades, com o que é real. É preciso ter os pés no chão.

Agenda-caneta-celular-segredo

FOTO: Shutterstock Images

 

Autopunição

Da mesma maneira que a autossabotagem, a autopunição também pode machucar e muitas vezes agravar mais o estado da pessoa que vive com o sentimento de culpa.

mulher-preocupada-mão na cabeça-segredo

FOTO: iStock/Getty Images

 

Ressalto que devemos estar de bem com nós mesmos, para tomar decisões e para lidar com as decepções caso nossas escolhas nos frustrem, desta maneira conseguiremos retomar nossos projetos. Às vezes, retardar uma recompensa ou uma coisa boa pode ajudar a sentir-se menos culpado”, acrescenta a psicanalista Cristiane Maluf.

 

LEIA TAMBÉM

Texto: Nathália Piccoli