Connect with us

O que você está procurando?

Alto Astral
Apesar de a redução do ICMS fortalecer a diminuição do preço do combustível, existem formas de melhorar os gastos; confira
Veja maneiras de como melhorar os gastos com combustível - Shutterstock

Finanças

Economia: 7 maneiras de driblar o alto preço do combustível

Apesar de a redução do ICMS fortalecer a diminuição do preço do combustível, existem formas de melhorar os gastos; confira

[PAGE TITLE]

O drama do alto preço dos combustíveis parece, aos poucos, ter dado um alívio para o bolso dos brasileiros. Com a redução do ICMS, será possível notar uma diferença no preço da bomba de pelo menos 20 estados do país. Ainda assim, não dá para negar que, mesmo com a redução, o combustível continua pesando no orçamento de boa parte das pessoas que se locomovem com carros, não é mesmo?

Nesse sentido, Rodrigo Giraldi, que é gerente de operações, separou dicas indispensáveis para quem quer driblar o preço do combustível e ainda controlar os gastos com inteligência. Confira a seguir:

Bomba de combustível em carro
Com a redução do ICMS dos combustíveis, a tendência é que o preço abaixe nos postos de gasolina (Foto: Shutterstock)

 

1. Calcule qual combustível vale mais a pena

Para o especialista, se basear apenas no preço dos postos não é a única maneira de economizar no preço do combustível. Neste caso, ele diz que é fundamental saber qual compensa mais para cada carro. 

Entre o etanol e a gasolina, por exemplo, basta dividir o valor do litro de etanol, pelo valor do litro da gasolina. Se o resultado for igual ou menor a 0,7, o etanol é mais vantajoso. Caso seja maior, a melhor opção é a gasolina.

No entanto, de acordo com a própria Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), com a redução do ICMS, o etanol perde sua competitividade na maioria dos estados brasileiros. Mas vale ficar atento, tudo bem?

2. Monitore os gastos com combustível

Compreender seus gastos também é essencial para driblar o preço do combustível. Para isso, atente-se a respeito das ações que mais consomem gasolina nos seus trajetos habituais. Também é válido encontrar alternativas, como diminuir o uso do carro, para driblar e ainda economizar um pouco de dinheiro.

3. Revise seu carro com frequência

Além de ajudar a driblar o preço do combustível — já que evita que o motor consuma mais que o necessário —, a manutenção do carro ainda ajuda a manter a qualidade de peças relacionadas a ignição, como vela e bobina. 

Essa revisão frequente aumentará a vida útil do veículo e também mantém você rodando em boas condições na estrada. Para entender com quanto tempo esse cuidado pode acontecer, você pode checar o manual do automóvel, que indicará a quilometragem adequada para esse tipo de manutenção. 

4. Respeite a troca de marcha do seu carro

Rodrigo explica que uma atitude que costuma aumentar o gasto de combustível é segurar muito uma marcha mais baixa enquanto dirige. “É importante sempre trocar a marcha na rotação certa, ou seja, assim que o veículo 'pedir' por isso. Isso mantém o giro do motor compatível com a marcha escolhida”, explica o profissional. 

Nesse ponto, os carros automáticos tendem a ser mais econômicos, pois a máquina é mais eficiente nos momentos de troca de marcha, fazendo com que o motor trabalhe menos e, consequentemente, gaste menos.

5. De olho no ar-condicionado

Operado pelo motor do automóvel, o ar-condicionado está ligado diretamente ao consumo de combustível. Por isso, em momentos de alta — ou de queda considerável no preço do combustível —, é recomendado ligar só quando houver necessidade.

Agora caso o condutor (a) pegue muita estrada, o recomendado é manter o ar-condicionado ligado. Isso porque dirigir em alta velocidade com as janelas abertas pode fazer com que o veículo gaste ainda mais combustível. Então, fica a dica!

6. Checar regularmente a pressão dos pneus

Os pneus também influenciam no rendimento do veículo, pois geram mais atrito com a pista e, por sua vez, causa um maior gasto de combustível. Fazer menos paradas com o carro pode até ajudar a economizar no combustível momentaneamente, mas à longo prazo, pode comprometer seu orçamento sem perceber. Portanto, é recomendado que o balanceamento dos pneus seja verificado com frequência para evitar o desperdício.

7. Acelere no momento certo

Por fim, o especialista alerta que é necessário que o condutor evite acelerar e frear bruscamente. “Além de ser perigoso, o motor entra em desgaste e queima mais combustível para chegar a uma certa velocidade. Para não desperdiçar combustível, é aconselhável que as marchas sejam trocadas de forma suave, pisando levemente no acelerador”, conclui.

Fonte: Rodrigo Giraldi, gerente de operações da startup de mobilidade Kovi. 

Advertisement
Advertisement

Mais notícias interessantes como essa

Moda

Vai comprar uma bolsa nova e não sabe qual escolher? Inspire-se nestes modelos e estilos de apaixonar e escolha a sua favorita

Beleza

Pensando em tingir o cabelo de ruivo? Antes da mudança, confira alguns fatos importantes sobre essa tonalidade

Casa & Decor

Se você ama ler, com certeza tem medo de que seus livros sujem, né? Veja dicas para conservar esses itens tão amados

Pets

Bateu aquela dúvida sobre quais alimentos o cachorro pode ou não comer? Conversamos com uma veterinária para montar essa lista — e ovo está incluso!

Entretenimento

Indicada em 25 categorias da premiação, "Succession" concorre por conta da aclamação de sua terceira temporada

Saúde

A toxina botulínica – conhecida comercialmente como botox – também é responsável por aliviar os sintomas de outros problemas de saúde; confira quais são

Beleza

Se assim como na comédia romântica bastou piscar e, de repente, você está com 30 anos, é melhor ajustar o skincare, viu?

Moda

Veja ideias de looks que provam que a camisa de time não precisa ficar limitada aos jogos de futebol