FAMOSOS

Entrevista: Taís Araújo e Lázaro Ramos falam sobre Mister Brau, família e questões sociais

Taís Araújo e Lázaro Ramos, além de serem casados na vida real, ainda fazem sucesso na telinha com Michele e Mister Brau. Confira a entrevista dos dois!

None
Foto: Divulgação

por Redação Alto Astral
Publicado em 01/06/2017 às 09:00
Atualizado às 17:36

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Juntos na terceira temporada de Mister Brau, Taís Araújo e Lázaro Ramos mostram que talento, paixão e respeito caminham lado a lado. Confira as entrevistas nas quais os dois falam sobre trabalho, família e questões sociais.

Taís Araújo

Mister Brau

“Nessa temporada tem muita emoção e muito humor também. Tem muita comédia, mas quando falamos de família temos muitas coisas emocionantes como, por exemplo, eles aprendendo a serem pais. Tem muita música, pois cada episódio tem um cantor convidado escolhido justamente porque a música dele se adequava a determinada história”.

Família Brau

“Me emociono muito gravando com as crianças. Essas crianças enlouquecem a gente porque elas são muito verdadeiras, e foram escolhidas com muito carinho por todos nós. E o programa é uma coisa que reflete no público por causa da equipe maravilhosa e unida que temos. As crianças viraram meio filhos de todo mundo, até os pais que estão conosco todos os dias”.

Temas sociais em um programa de comédia

“Eu acho que fica mais palatável porque a comédia é um ótimo recurso para provocar reflexão, e Mister Brau prestou esse serviço, porque não era a intenção da série, mas conforme foi se apresentando, fomos percebendo que o público gostou”.

Fiquei muito feliz em poder trazer o feminismo negro para o debate na TV aberta. Tenho muito orgulho de podermos usar #MisterBrau e a nossa arte para levantar alguns temas que precisam ser discutidos. Muito obrigada pelo carinho nas redes sociais quando a cena foi ao ar. Amo vocês! Estamos juntas SEMPRE! O movimento de cada uma de nós é fundamental!! ♥️

Posted by Taís Araújo on Wednesday, May 18, 2016

Quarta temporada de Mister Brau

“Tem que perguntar pra quem manda! Se a gente pudesse, a gente não parava de fazer, amo assistir e amo fazer. Essa é a terceira temporada, mas eu acho que vai ter a quarta temporada, sim”.

Apresentadora na ficção e na vida real

“Não sou apresentadora do Saia Justa. Apresentadora é a Astrid Fontenelle, eu estou ali sentada no sofá só falando umas besteiras (risos). É muito diferente de gravar o Saia Justa e gravar o programa da Michele. Eu já tinha feito o Superbonita por 4 anos, mas é muito diferente também. Gravamos o programa da Michele como se fosse um programa de variedades mesmo, com plateia e atrações musicais. Foi uma experiência nova”.

Taís cantora?

“Não. A Michele que canta, mas ela não cantava desde o final da primeira temporada quando ela foi para Nova Iorque. Eu não canto, mas o pessoal da técnica transforma qualquer coisa que eu fizer no estúdio numa coisa afinada”.

Uma mulher influenciadora

“Não me sinto em posição de destaque, me sinto em igualdade com outras meninas que converso bastante que são influenciadoras”.

Taís Araújo e Lázaro Ramos. Na foto, Taís está posando, apoiada em uma poltrona.

Foto: Reprodução/Facebook

Tempo para tudo

“Eu não administro, é tudo um caos. Uma menina me perguntou se eu vim com o cabelo preso hoje pra ficar diferente da Michele, e eu disse: ‘não amor, eu vim assim porque não tive tempo’. Ontem fiz o Saia Justa de cabelo preso, hoje levei meus filhos na escola, fui na análise, voltei e a maquiadora estava me esperando e eu falei com ela: ‘é preso’. Alguma coisa fica capenga e eu prezo para que não sejam meus filhos”.

Lázaro Ramos

Filhos para a família Brau

“Foi um pedido do público que, desde a primeira temporada, perguntava onde estava o restante da família dos Brau. E no final da segunda temporada, quando as crianças apareceram, foi justamente para sentir como os telespectadores iriam reagir, e foi ótimo porque essa terceira temporada vai focar nisso, a vivência com os três meninos, a adoção de crianças mais velhas”.

Interação com o público

“Desde a primeira temporada, que era uma temporada para ser única, o público se identificou e foi pedindo mais assuntos. O Brau é uma série bem-sucedida nesse sentido de ter essa interação com o público”.

Filhos da ficção e da vida real

“Os da ficção são mais difíceis porque o Brau é mais filho do que pai, então a Michelle ganha quatro filhos. A vida dela nessa temporada não vai ser fácil, mas vamos ter um investimento em cenas de emoção e isso me obrigou como ator a pensar em como o Brau iria reagir a certas situações. Gravamos um episódio em que um dos filhos sofre bullying e eu pensei em como o Brau daria o conselho a uma criança se ele é quase uma criança, e isso foi bom pra mim como ator”.

Taís Araújo e Lázaro Ramos na foto com os atores que fazem os filhos do casal na série Mr Brau

“Essa é a Família Brau! Mr Brau, Michele e seus filhos. Lia, Egidio e Carlito. Bem vindos ao time Bruna Oliveira, Sérgio Rufino e Leandro Lima! Foto: Raquel Cunha”, escreveu o ator nas redes sociais. (Foto: Raquel Cunha/Reprodução/Facebook)

Bullying no Mister Brau

“A questão de lidar com diferenças da infância e adolescência foram a questão da minha vida, mas eu não sistematizava chamando de bullying porque, às vezes, se misturava com outras coisas, mas no Brau, nesta temporada, cada episódio tem uma temática social bem explícita sempre mantendo o tom acolhedor, de entretenimento e bom humor do programa. Teremos temas como o bullying, machismo, adoção de crianças mais velhas. Acho que conseguimos isso, de falar sobre assuntos reflexivos, de forma agradável”.

Última temporada?

“Eu não acredito que seja a última, sempre acredito que vai ter uma próxima. A TV Globo está aguardando os resultados de audiência, mas em termos de enredo ainda temos muito o que contar, inclusive o final da temporada teve um mote incrível para uma quarta temporada, então a isca já está jogada, depende do público e depende da Globo”.

Madureira no seriado

“Este viaduto (de Madureira, bairro do Rio de Janeiro) já frequentei várias vezes. É um lugar que adoro frequentar e fiz muitos amigos aqui. Apesar de ser baiano; e o sotaque escapar durante as gravações, dizem que o Brau é de Madureira (risos). Na primeira temporada, ele dizia que iria voltar pra Madureira e a partir daí sempre comecei a criar alguns cacos sobre isso”.

Adoção na vida real

“Pensei por muito tempo nisso (adoção) e não é uma coisa descartada. Eu tenho uma experiência próxima a mim que é muito estimulante”.

Entrevista Taís Araújo e Lázaro Ramos. Na foto, Lázaro posa, sorrindo, com os braços cruzados

Foto: Reprodução/Facebook

Contra o preconceito racial

“Tudo o que eu faço na minha vida artística é fruto da minha origem, de onde eu vim, das pessoas que me inspiram, e busco utilizar isso e a arte para mobilizar pessoas, para que mais pessoas pensem junto conosco, porque o país fica mais legal quando
todo mundo é escutado e todos os talentos são vistos. E fazemos isso de maneira natural, porque é ótimo quando o microfone é utilizado a serviço de algo importante. Como fazer do Brasil um país com mais diálogo e mais equidade, fazendo isso com arte. Eu não sou uma pessoa que faz isso de forma sofrida, porque sou muito feliz na pele que habito”.

LEIA TAMBÉM

Texto: Hérica Rodrigues | Entrevista: André Luís Romano/Colaborador | Edição: Érika Alfaro