Sheron Menezzes se emociona ao falar de sua personagem em”Liberdade, Liberdade”

Atriz comentou sobre episódios de racismo em Liberdade, Liberdade: confira o depoimento de Sheron Menezzes no Encontro com Fátima Bernardes!

None
Foto: Reprodução/Gshoe

por Redação Alto Astral
Publicado em 03/06/2016 às 15:34
Atualizado às 00:14

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres
Sheron Menezzes

Foto: Reprodução/Gshow

A atriz Sheron Menezzes foi uma das convidadas do “Encontro” desta sexta-feira (03) e comentou, emocionada, sobre sua personagem Bertoleza, da novela “Liberdade, Liberdade”. Na novela, Bertoleza é uma mulher negra sequestrada e vendida como escrava.

VEJA TAMBÉM

Comercial racista na China gera polêmica nas redes sociais

Maitê Proença revela os segredos de sua personagem em ‘Liberdade, Liberdade’

Quando Fátima comentou sobre sua personagem, Sheron respondeu: “Bertoleza tem me deixado muito triste em casa. Porque eu choro quando eu leio, eu choro quando eu gravo e eu choro quando eu assisto. É uma história que ainda não acabou. A gente sabe o que aconteceu, a gente nunca viveu. Mas naquele momento em que você está no lugar, porque tudo é muito real, você coloca aquela coisa no seu pescoço, nos seus pulsos… é um desespero absurdo. Parece que tudo vem, parece que todo mundo está junto comigo, vem todo mundo junto falar: ‘era assim’. E aquilo vem e é uma dor muito grande”.

Ao ver uma das cenas da novela em que Bertoleza é marcada por ser escrava, a atriz comentou sobre a escravidão: “É uma marca. Eles marcavam como hoje marca o gado. O negro era propriedade. É meu, comprei, é meu, vendo a hora que eu quiser. E no caso de fugir todo mundo sabe que é meu”. Veja o vídeo da entrevista completa aqui.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.