Personagens de desenhos que geraram polêmica

Alguns personagens infantis perdem a inocência quando olhamos mais a fundo. Confira algumas animações que foram bastante criticadas.

None
Foto: Divulgação

por Redação Alto Astral
Publicado em 29/06/2016 às 12:33
Atualizado às 20:24

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Quando tratamos de desenhos e filmes infantis, nem sempre é tudo inocência. Alguns personagens geram polêmicas por seu comportamento ou aparência.

A última polêmica se trata do novo filme da Disney, a animação “Moana”, que conta a história sobre uma adolescente polinésia que começa uma aventura para desvendar mistérios que envolvem seus ancestrais. Um dos protagonistas da animação é o semideus Maui. E é para esse personagem que as críticas são voltadas, que é um homem obeso, caindo em um estereótipo que não é uma realidade para os homens polinésios.
A internet não perdoou e criticou severamente a estrutura física do personagem.

Moana e Maui

Foto: Divulgação

Mas não foi só esse personagem que criou polêmica no mundo dos desenhos infantis. Confira outros personagens que já deram o que falar:

1 – Jhonny Bravo

Jhony Bravo

Foto: Divulgação

Muita gente não entende a polêmica do desenho, mas a animação já foi muito criticada por criar um esteriótipo de homem que só se preocupa com a aparência, a eterna busca do corpo perfeito e um “pegador” de mulher.

2 – Coragem, o cão covarde

Coragem, o Cão Covarde

Foto: Divulgação

Muitos pais não gostavam de deixar os filhos assistir a esse desenho. Coragem, ironicamente o cãozinho mais medroso das animações, vivia com seus donos que passavam por grandes apuros, envolvendo até mesmo “possessões” demoníacas. Era de arrepiar!

3 – Elsa, de Frozen

Elsa em Frozen

Foto: Divulgação

A Disney já foi muito criticada pela comunidade LGBT pela ausência de personagens homossexuais em suas animações. Pra isso, houve até uma campanha nos Estados Unidos para que a primeira princesa a sair do armário fosse Elsa, da grande bilheteria “Frozen – Uma aventura congelante”. Nada ainda foi confirmado pela Disney, mas a população LGBT anseia por algum representante.

4 – Os Simpsons

Os Simpsons

Foto: Divulgação

Donos de um humor único, Os Simpsons já geraram bastante polêmicas em alguns episódios. Um dos mais falados é o episódio “A culpa é da Lisa”, em que a família visita o Brasil e faz piadas estereotipadas com o nosso país. Além de dar a entender que nosso país é apenas mato, florestas e índios, a violência e a sujeira também são bastante presentes no episódio. No Brasil, a censura impediu a transmissão.

5 – Alladin

Alladin

Foto: Divulgação

Aqui, a culpa não é bem do personagem em si, mas da trilha sonora da animação. Os versos iniciais da música de abertura do filme, dizem: “Venho de um lugar onde sempre se vê uma caravana passar. Vão cortar sua orelha pra mostrar para você como é bárbaro o nosso lar”, insinuando a violência dos árabes. Depois das severas críticas, a letra foi alterada.

6 – Ligeirinho

Ligeirinho

Foto: Divulgação

A animação do ratinho foi bastante criticada também por representar um esteriótipo ofensivo aos mexicanos. Em 1999, o desenho foi retirado do ar porque o canal Cartoon Network julgava que não eram apropriadas as mensagens que o desenho passava no século 21.

7 – Scooby Doo e Salsicha

Uma das pautas mais polêmicas da animação é a relação entre o cão Scooby Doo e seu dono, Salsicha. Já notou que os dois estão sempre com fome? E que Salsicha é o único personagem do desenho que trata Scooby como um ser humano? Muitos fãs da animação já relacionaram todas essas coincidências com uma suposição bastante polêmica: será que Salsicha usava drogas?
Em um dos filmes da animação, o personagem de Salsicha elogia o nome de uma garota, que é “Mary Jane”, nome usado nos Estados Unidos pra se tratar da erva Cannabis, a maconha. Confira no vídeo acima!

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.