Ex-BBB Marcos é indiciado por caso de agressão a Emilly

O ex-BBB Marcos Harter foi indiciado por lesão corporal após caso de agressão a Emilly Araújo dentro da casa do BBB17. Entenda o ocorrido

None
Foto: Agnews

por Redação Alto Astral
Publicado em 19/04/2017 às 19:55
Atualizado às 20:13

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

O ex-BBB Marcos Harter foi indiciado por agressão a Emilly Araújo, segundo reportagem do jornal O Globo. Nesta quarta (19), a delegada titular da Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAM), Viviane Costa, concluiu o inquérito que investigava a suposta agressão do ex-BBB. Marcos foi indiciado por lesão corporal com base na Lei Maria da Penha.

O inquérito foi enviado ao Ministério Público, que pode ou não denunciar o médico. Em nota para a imprensa, a polícia diz que a delegada concluiu as investigação após “análise das imagens, das declarações prestadas e do teor do laudo pericial positivo, os quais não deixaram dúvidas quanto à autoria e materialidade do crime, que constatou que as lesões da vítima se deram em razão das ações intencionais do autor”.

Logo após ter sido expulso do programa, Marcos Harter prestou depoimento na DEAM, em Jacarepaguá, no dia 12 de abril. Emilly Araújo também prestou depoimento na delegacia de Atendimento à Mulher, dias depois de vencer o reality.

Marcos negou ter entrado com pedido de habeas corpus

Marcos negou ter entrado com pedido de habeas corpus para suspender as investigações da DEAM. O médico revelou em suas redes sociais que nem ele e nem seus advogados entraram com o pedido no Tribunal de Justiça do Rio. “Tomei conhecimento hoje, através da imprensa, de que foi impenetrado em meu nome um habeas corpus. Nego veementemente qualquer medida neste sentido. Isso não foi efetuado por mim, nem pelos advogados que me representam. Já estamos tomando as medidas cabíveis”, escreveu.

LEIA TAMBÉM

TAGSBBB17

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.