Entrevista com Leandra Leal

Avalie

Entrevista com Leandra Leal  

A atriz vive um dos dramas atuais na pele da italiana Agostina, em Passione

 
Guia da Tevê: Qual a característica que você mais admira em seu personagem?

Leandra: O marido foi para o Brasil para ganhar dinheiro e voltar para ficar com ela ou buscar ela. Só que, na cabeça dela, aconteceu alguma coisa que ela ainda não sabe o que foi. E ela diz que se ele estiver com outra, tem que dizer na cara dela. Não é uma coitadinha, se alguém falar um “ai” do marido, ela defende. Não sabe o que aconteceu. Uma coisa legal da novela é essa visão da Itália contemporânea. São dramas atuais, situações de hoje em dia.
 
Guia da Tevê: E quanto ao Mimi? Ele tem chance?

Leandra: Tem o filho dela, que é o Dino. Ela é muito família. Das famílias da novela, a italiana é a que é mais ligada pelo amor. Eles se protegem, são unidos.
 
Guia da Tevê: Você interpreta uma restauradora, como foi esse contato com as artes?

Leandra: É um trabalho que demora muito! A participação das mulheres nessa atividade é mais recente, é uma profissão mais masculina. E a gente gravou em uma igreja que estava sendo restaurada mesmo, num convento. Foi bem bonito.
 
Guia da Tevê: Como foi estudar a sonoridade da língua italiana, para ficar com o sotaque?

Leandra: Muito difícil. Fizemos aulas com uma preparadora, que é italiana e professora da USP. Mas não foi aula de italiano.
 
Guia da Tevê: Quando começaram os trabalhos?

Leandra: Começamos as aulas em novembro. Só que quando eu fui para a Itália, eu curti falar italiano e decidi estudar. Estou fazendo as aulas. A novela é uma obra aberta e é tão interessante você estar numa cena e poder reagir a determinadas situações com segurança naquela língua. Como, por exemplo, um copo que cai sem querer. Acho que foi isso que mais me estimulou a estudar italiano por conta própria. A gente chegou nessa sonoridade, mas a Agostina volta logo para o Brasil. Aí, ela começa a falar português com uma sonoridade italiana.
 
Guia da Tevê: Como ela vai reagir quando descobrir que está sendo traída?

Leandra: Não sei. Vai depender de como vai ser a cena. Acho que não vai demorar a acontecer. Mas não sei se ele vai falar a verdade ou não.
 
Guia da Tevê: Como é a cena em que ela encontra o marido no Brasil? Você já recebeu esse capítulo?

Leandra: Acho que vai ser uma dor incrível. É uma traição muito grande, né?
 
Guia da Tevê: Você sonha casar na igreja, com véu e grinalda?

Leandra: Não sonho com isso. Nunca casaria de véu e grinalda. Odeio essas frases, mas acho que eu não faria.
 
Guia da Tevê: Você recebeu um convite para posar nua. Por que recusou?

Leandra: Aconteceu o convite, mas quem divulgou isso foi a revista. Fiquei feliz, achei inesperado, mas é um convite só.

Guia da Tevê: Você não tem vontade de posar nua? É algo que não pretende fazer?

Leandra: Cara, não é que eu não tenha vontade. Eu acho que eu ia querer fazer algo tão louco que eles não iam deixar.

Entrevista: Márvio Gonçalves
Foto: Márcio de Souza