Fake news também estão presentes nas dietas, fique de olho!

Veja o que é mito e o que é verdade sobre os métodos de emagrecimento

Mulher loira, com o rosto apoiado sobre as mãos, com expressão triste. À frente, há um prato, um garfo, uma faca e uma maçã
Por Flávia Magalhães - 03/10/2018

Comer pouco parece bom pra emagrecer, mas não é! | Foto: Shutterstock

Muita gente já teve ter ouvido falar disso: informações que não representam a realidade mas que são compartilhadas na internet como se fossem verídicas, principalmente através das redes sociais. As fake news estão por toda parte e, quando falamos em dietas, a história não é diferente. Sempre tem alguém para compartilhar uma dica, um truque ou um alimento milagroso. Mas será que podemos confiar em qualquer informação? O que funciona para um pessoa irá funcionar com você também? Para não cair em armadilhas, confira os principais mitos das dietas, explicados pelos nutricionistas do VP Centro de Nutrição Funcional:

Fake news 1: Carboidrato à noite engorda

Esse talvez seja um dos mantras mais repetidos por quem quer perder uns quilinhos. Porém, quando estamos falando em perder peso, a hora em que comemos carboidratos não influencia tanto quanto a sua qualidade. Dê preferência aos cereais integrais e inclua uma boa variedade de frutas, legumes e verduras (que também contêm carboidratos, inclusive!), a qualquer hora do dia.

Fake news 2: Quanto mais restritiva a dieta, melhor

Dietas muito restritivas, na maioria das vezes, são muito difíceis de serem mantidas a longo prazo, além de poder causar deficiência de vários nutrientes, principalmente vitaminas e minerais. Privando-se de uma ampla gama de alimentos, você estará comprometendo a sua saúde e, provavelmente, não verá muito resultado na balança.

Fake news 3: Alguns alimentos “queimam gordura e secam barriga”

Não existe um alimento milagroso que faça perder peso e medidas sem esforço e instantaneamente. Alimentos ricos em fibra – como couve, berinjela, uva, maçã, mamão e alimentos diuréticos (chás, pepino, abacaxi) – reduzem a sensação de inchaço e beneficiam o funcionamento do intestino, fazendo com que se pareça que perdeu peso rapidamente. Mas seu consumo isolado, não aliado a outros hábitos saudáveis, pode não trazer o resultado esperado.

Fake news 4: Água morna com limão em jejum emagrece

Não há estudos que comprovem que tomar água com suco de limão em jejum auxilie o processo de perda de peso. Mas, se você toma e não tem nenhuma contraindicação para isso, não há nenhum problema em manter essa rotina.

Fake news 5: Para emagrecer, devo consumir produtos diet

Produtos diet – que não possuem açúcar em sua composição e são indicados para pessoas diabéticas – algumas vezes podem ser tão calóricos quanto suas versões tradicionais. Isso porque costumam ter adição de gordura para manter sabor e textura agradáveis.

Fake news 6: Ingerir líquidos durante as refeições engorda

Assim como os carboidratos, não é o horário que importa, mas a quantidade e a qualidade do que se come. Refrigerantes, sucos industrializados e outras bebidas açucaradas podem contribuir para o aumento do peso, independentemente de serem consumidas durante as refeições ou não. Sempre prefira água, chás naturais sem açúcar ou sucos de frutas naturais para acompanhar suas refeições. Mas o ideal é não tomar nenhum líquido durante a hora do almoço ou jantar.

 

LEIA TAMBÉM: