Exercícios e práticas fáceis para aumentar os seios naturalmente

Cremes, massagem peitoral e alimentação balanceada também podem ajudar

aumentar os seios
Foto: Shutterstock

Não há como negar que o sonho de muitas mulheres é aumentar os seios. Ou, ao menos, mantê-los firmes e sem aquela sensação de estarem “caídos”. Também não é à toa o Brasil liderar o ranking de cirurgias plásticas, principalmente o silicone.

Mas, nem sempre a pessoa está disposta a se submeter a um procedimento estético. Ou não tem dinheiro para bancá-la. E, na realidade, ninguém precisa colocar os famosos implantes mamários. Embora o método seja o único sistema verdadeiramente eficaz para controlar o seu volume, há outros meios de alcançar esse objetivo.

Exercícios físicos que trabalham os músculos do peito, alimentação balanceada e rica em estrogênio, assim como alguns tipos de massagens podem fazer a diferença no final do dia.

Dicas para aumentar os seios de forma saudável e natural

1 – Exercícios 

Para obter resultados de maneira rápida, eficiente e duradoura, é necessário que você pratique atividades de 2 a 3 vezes por semana. A região não só ganhará volume, como a pele também ficará mais firme. Alguns exemplos são:

Supino Reto:

Pode ser realizado com halteres ou barras. Este exercícios para aumentar os seios é basicamente uma flexão de braço, apoiando o tronco completamente em um apoio. Deitada em um banco ou bola de treino, com os braços estendidos, segure a barra com cuidado afastando-os da linha dos ombros e sob a linha do peito. Flexione os cotovelos, levando a barra em direção ao peito e volte para a posição inicial.

Pressão leve:

Empurre as palmas das mãos uma contra a outra e pressione contando 10 segundos e soltando lentamente. Repita o exercício por 10 vezes.

Crucifixo com halteres:

Deitada em um banco, segure os halteres com a palma da mão virada uma contra a outra. Abra os braços paulatinamente, descendo até a linha dos ombros. Volte a posição inicial elevando os braços. Pratique com os cotovelos flexionados.

2 – Alimentação

Sim, ter uma dieta saudável colabora para aumentar os seios. E muitos dos alimentos que podem influenciar no volume você com certeza já come. O estrogênio é um hormônio que eleva as glândulas mamárias, possibilitando um crescimento.

Todos os integrantes do prato são facilmente encontrados no mercado e em preços bem baixos. Soja, feijão, beterraba, cenoura, berinjela, ervilha, maçã, cereja, ameixa e ovo.

3 – Massagem peitoral

Não é novidade que os estímulos colaboram para aumentar a produção de hormônios femininos firoestrógenos. A auto massagem dos seios pode ser feita com óleo de amêndoas ou à base de estrogênios, aumentando a produção e fluxo na região.

Evite ações bruscas, sem apertar ou puxar demais. Apenas movimentos rotatórios já são suficiente. Sua execução deve ser realizada diariamente, combinando com a alimentação balanceada e exercícios periódicos.

4 – Cremes

Outra forma fácil de obter resultados é a utilização de cremes específicos e de boa qualidade. Uma hidratação profunda da pele, com produtos de ação reafirmante deixam a região com um volume a mais. Algumas opções são aqueles que contém agentes com efeito de lifting e tensor.

  • Biologica – Creme para aumentar os seios – R$ 60,50
  • Lucys – Creme para aumentar os seios com Commipheroline e Adipofill – R$ 19,90
  • Dermo – Commipheroline 1% – Creme para Aumentar os Seios – 46,00
  • Biológica – Peeling Enzimático + Vitamina C – R$ 74,00
  • Anadia – Creme Reafirmante/Volumizador Seios – R$ 23,25
  • Mesoestetic Bodyshock Push-up – Creme reafirmante de seios e glúteos – R$ 139,00

Leia também: