Exercícios contra a TPM para amenizar os sintomas!

De acordo com especialistas, os exercícios físicos podem ser um grande aliado no combate aos sintomas durante o período pré-menstural

Mulher correndo praticando exercocios tpm
Foto: Shutterstock/Images

São muitas as vantagens da prática de exercícios físicos para o corpo e para a mente. Cada vez mais, tanto homens quanto mulheres têm se engajado em realizar um treinamento saudável, aliado a uma boa dieta em busca de uma maior satisfação pessoal e um corpo em forma. A atividade física é um bom método de vencer, ou pelo menos amenizar, as dores e a indisposição que surgem de formas tão variadas em diferentes mulheres, pois a prática de qualquer exercício físico libera endorfina, que ajuda a combater dores e traz a sensação de bem-estar. Confira a seguir alguns exercícios e métodos que podem ser implementados ao cotidiano para passar pela TPM sem muitos incômodos. Confira!

exercicios-fisicos-tpm

FOTO: Shutterstock.com

O exercício certo

Diferentes exercícios podem ser recomendados dependendo apenas do sintoma que a mulher apresenta. Veja os exercícios mais indicados para cada sintoma.

Ansiedade e mau humor: ioga, pilates e alongamento.

Compulsão por doces: caminhada, natação e hidroginástica.

Depressão: atividades aeróbicas em grupo, como dança ou lutas marciais.

Inchaço: caminhada, natação e hidroginástica.

 

Para o corpo e para a alma

As posturas da ioga ajudam a eliminar o estresse, ganhar disposição e equilibrar o corpo, harmonizando a energia das partes em benefício do todo. Mas que fique claro: para garantir as vantagens, é necessário praticar os exercícios regularmente, com constância e disciplina. “A ioga consiste em relaxamento físico e mental, trazendo um controle da mente e ajudando até mesmo no autocontrole emocional, que reflete em tudo na nossa vida: ansiedade, irritação e impaciência”, explica o personal trainer Rodrigo Sangion.

 

Suba na bike

Pedalar é indicado para pessoas de qualquer idade. Seja qual for o seu nível de condicionamento físico, o exercício ainda pode ser utilizado como meio de transporte e uma forma de diminuir o estresse, além de melhorar a postura corporal. “É uma atividade que apresenta uma menor sobrecarga nas articulações, se comparada a corrida ou caminhada, diminuindo, principalmente, a carga sobre a articulação do joelho e da coluna”, ressalta o ortopedista e médico do esporte Mauricio Póvoa Barbosa.

 

 

Texto: Redação Alto Astral

Consultoria: Fuad Cury e Rodrigo Sangion, personal trainers; Mauricio Póvoa Barbosa, ortopedista e médico do esporte; Vinicius Zacarias, fisioterapeuta e professor de pilates

 

 

LEIA TAMBÉM: