Descubra como estimular a concentração infantil

Diversos fatores interferem na concentração das crianças. Entenda o que fazer para aumentar de uma vez por todas o foco infantil

Descubra como estimular a concentração infantil
FOTO: iStock.com/Getty Images

As crianças precisam – e devem – manter a concentração nas atividades do dia a dia, mas cabe aos adultos descobrir como estimular a atenção e o foco dos pequenos. “Estimular a concentração nas crianças depende do cumprimento de uma série de fatores indispensáveis à organização mental, a qual garante um melhor desempenho das atividades cognitivas”, afirma Christyano Malta, Head Master Coach da Casa Coaching (empresa voltada para a pesquisa e desenvolvimento de Coaching).

Descubra como estimular a concentração infantil

FOTO: iStock.com/Getty Images

Fatores que fazem a diferença na concentração infantil

O principal fator é a manutenção de um ambiente familiar tranquilo e de uma rotina em que a criança perceba quais são as atividades que terá durante o dia e quanto tempo é reservado a cada uma delas.

Isso não significa, no entanto, reservar muitas atividades diárias para a criança, uma vez que, no processo de desenvolvimento psicológico, é necessário certo tempo livre para que ela possa descobrir suas habilidades e seu mundo.

“É ainda interessante que a criança divirta-se com brinquedos que estimulem seu raciocínio, como xadrez, jogo dos 7 erros, e alguns jogos de videogame cujo objetivo é a descoberta constante de algo, como um método para mudar de fase, para não perder o jogo… Além disso, é importante que a criança tenha uma dieta equilibrada, rica em alimentos naturais, como frutas, legumes e verduras”, finaliza Christyano.

 

Leia mais:

Cérebro infantil: entenda como ele se desenvolve

Como incentivar o interesse das crianças no aprendizado

 

Texto: Larissa Tomazini – Edição: Victor Santos

Consultorias: Christyano Malta, Head Master Coach da Casa Coaching; Fábio Sawada Shiba, neurologista; Jô Furlan, psiquiatra; Solange Jacob, pesquisadora em processos cognitivos pela Universidade Europeia Miguel de Cervantes, de Valladolid, na Espanha.