Wasabi: saiba mais sobre essa especiaria da culinária oriental

Especiaria principal para a confecção da comida japonesa, o Wasabi é também um importante anti-bactericida. Conheça tudo sobre esta “rosa das montanhas.”

None
Foto: Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 02/12/2016 às 13:09
Atualizado às 12:52

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Planta oriunda do continente Asiático, pertencente à família das Brassicaceae, o wasabi é utilizado preferencialmente como condimento na culinária japonesa desde do século VIII. Conhecido popularmente como rabanete japonês ou Wasábia, o wasabi possui um sabor extremamente forte e picante.

A sua parte utilizada é o caule, que é ralado e deve consumir-se preferencialmente fresco. Trata-se de uma planta perene, constituída por um caule resistente, liso, comprido e de cor verde. As suas flores são brancas, de pequena dimensão e cada uma é constituída por quatro pétalas, que por sua vez são de cor branca.

culinaria-oriental

Foto: IngramPublishing/OtherImages

O wasabi prefere solos rústicos, bem drenados, nomeadamente os montanhosos. Muitas vezes confundido com outro condimento Raíz-Forte (armorácia), o wasabi possui um sabor mais fraco e a composição da armorácia é acrescentado corantes e mostarda para se assemelhar ao wasabi. Denominado por “rosa das montanhas”, era considerado um produto muito caro devido à sua raridade e por isso era só encontrado em restaurantes especiais.

Hoje em dia isso já não acontece, é comum encontrarmos o wasabi no estado de conserva (pó ou pasta), que não dá um sabor tão genuíno como o original, mas transforma-se numa ótima opção de consumo, muito mais econômico e de fácil acesso (lojas especializadas em produtos orientais). Da sua composição fazem parte nutrientes como vitaminas A e C e sais minerais que fazem dele um ótimo fitoterapêutico.

wasabi

Foto: Shutterstock

Propriedades medicinais

O wasabi possui diversas indicações quando utilizado para o bem da saúde. Ele é um importante descongestionante nasal, tendo diversas indicações para problemas respiratórios. Devido à elevada concentração de enzimas combate as inflamações da boca e o que está na sua origem, nomeadamente as cáries. É um ótimo anti-coagulante ajudando a manter a boa circulação sanguínea e prevenindo problemas cardiovasculares conhece-se uma outra propriedade bastante importante: é anti-cancerígeno.

Combate eficazmente outras doenças como: diarreia, asma, osteoporose, artrite e alergias em geral. Planta que originalmente não tem muito sabor, para a sua aplicação medicinal podem consumir-se as folhas frescas e a sua raiz picada no momento. Ao contrário das diversas plantas medicinais, não se conhecem aplicações através de infusões de wasabi. Recomenda-se, por isso, que não seja ingerido desse modo.

Usos

  • Na saúde: essa planta é anti-bacteriana, vermífuga, anti-coagulante e digestiva
  • Na cozinha: (raiz) ingrediente chave em pratos de peixe cru (sashimi/sushi) e pode acompanhar também sopas, saladas, molhos para carne e peixe. As suas folhas frescas podem ser picadas e adicionadas a saladas
  • Contra-indicações:não deve ser consumido por gestantes e lactantes. O seu consumo deve ser bastante moderado, já que pode provocar uma irritação nasal bastante incômoda. Aconselhe-se antes com o seu médico

LEIA MAIS