Voz: ela também pode sofrer lesões, por isso merece cuidados!

A voz também precisa de cuidados especiais, assim com o resto do corpo. Existem alguns hábitos que tendem à prejudicá-la. Confira mais sobre!

None
Foto Istock,.com/getty images

por Redação Alto Astral
Publicado em 31/10/2016 às 12:34
Atualizado às 11:53

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Para que o instrumento da comunicação, que transmite os sentimentos e a personalidade, seja bem projetado, é necessário um equilíbrio entre o ar que passa pela laringe e a vibração das pregas vocais. Segundo a fonoaudióloga Marisa Mizrahi Farber, a falta de cuidados, principalmente nos casos em que há pequenas alterações na voz, pode ocasionar lesões na prega vocal e tensão muscular nos órgãos da fala. “Essas lesões comprometem a voz e, em alguns casos, é necessária a microcirurgia da laringe”, explica. Para que isso não aconteça, o ideal é prevenir-se.

mulher com a mão na boca

Foto Istock.com/getty images

Cuidados!

Hidratação: permite uma movimentação livre das pregas vocais, diminuindo o atrito entre elas.

Exercícios físicos: sentir-se bem é essencial para um bom desempenho das cordas vocais. “Procure não falar enquanto pratica exercícios, principalmente, os realizados com braço, antebraço, pulso e mãos”, indica Marisa.

Fumo: é um inimigo da mucosa que reveste as pregas vocais. “Provoca edema, inchaço e diminuição dos cílios das células, favorecendo o ato de pigarrear”, alerta a fonoaudióloga.

Bebidas alcoólicas: a ingestão triplica a probabilidade de um fumador contrair câncer. A especialista explica que bebidas fermentadas como vinho, cerveja e champanhe não causam muitos problemas. Porém, o uso contínuo de destilados, como uísque e vodka, aumentam a rigidez da mucosa das pregas vocais. Por ter um efeito pseudo-anestésico, a pessoa, sem perceber, força a garganta para falar.

Pigarrear: é um hábito comum que causa grandes prejuízos na voz. É mais eficaz engolir a saliva de maneira intensa ou beber um gole de água.

Leia também: 

Consultoria Marisa Mizrahi Farber, fonoaudióloga

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.