ESTILO DE VIDA

Você sabe o que é um acelerador de partículas? Confira!

Equipamento onde são realizadas colisões de pequnos fragmentos de matéria, o acelerador de partículas representa um avanço no estudo do início do Universo

None
No acelerador de partículas, fragmentos de matéria como prótons são colididos para que sejam geradas novas partículas. FOTO: Reprodução/Wikimedia Commons

por Redação Alto Astral
Publicado em 03/01/2017 às 18:07
Atualizado às 16:38

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Uma descoberta científica que certamente ajudou na compreensão do Big Bang foi o acelerador de partículas. Essa máquina é uma espécie de centrífuga, porém, muito mais elaborada.

acelerador de partículas, LHC, máquina

No acelerador de partículas, fragmentos de matéria como prótons são colididos para que sejam geradas novas partículas. FOTO: Reprodução/Wikimedia Commons

Ela colabora para a compreensão sobre o início do cosmo porque dentro dela são colocadas duas partículas pequenas, como prótons, por exemplo. Lá dentro, elas são aceleradas em sentidos contrários, para que colidam. Quando isso acontece, elas se espatifam, como explica Luiz Vitor de Souza, professor do Instituto de Física de São Carlos, da Universidade de São Paulo (USP). “Quando eles trombam em uma energia muito grande, geralmente se quebram e geram uma sopa de um monte de outras partículas“, esclarece. Essas partículas são detectadas por receptores instalados dentro do acelerador.

O acelerador de partículas e o começo do Universo

Mas o que isso tem a ver com o início do Universo? O professor Luiz Vitor responde: “No começo do Universo as partículas estavam todas juntinhas, num espaço muito pequeno, em um estado muito parecido com essa sopa que é formada quando você tromba as partículas no acelerador”.

Big Bang, começo do Universo, colisão de partículas

As colisões ocorridas dentro do acelerador simulam o que ocorreu na formação do Universo, com o Big Bang. FOTO: Reprodução/iStock.com e Getty Images

O maior acelerador de partículas do mundo é o LHC (Grande Colisor de Hádrons), situado no CERN (Centro Europeu de Pesquisa Nuclear). Ele foi construído em 2008, a 100 metros abaixo da terra, na fronteira entre a França e a Suíça, e possui 7 metros de diâmetro e 26, 7 quilômetros de extensão.

LEIA TAMBÉM

Texto: Da redação Consultoria: Luiz Vitor de Souza, professor do Instituto de Física de São Carlos, da Universidade de São Paulo (USP)