Como aproveitar a viagem sem escorregar na dieta?

O fim de semana não é mais desculpa para escorregar na dieta. Com equilíbrio é possível se alimentar bem nos dias de descanso sem deixar a diversão de lado!

None
Foto: iStock.com/Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 02/09/2016 às 17:54
Atualizado às 11:51

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

As viagens chegam e com elas aumentam as desculpas para deixar a dieta de lado e até mesmo “meter o pé na jaca”. O que poucas sabem é que é possível controlar os excessos alimentares durante o passeio, sem deixar a diversão de lado. O segredo está no equilíbrio: contrabalançar as refeições ajuda a não escorregar na dieta e a garantir o sucesso do seu programa de emagrecimento inclusive nos dias de descanso! A nutricionista funcional Patrícia Davidson, do Rio de Janeiro (RJ), dá as dicas:

Casal saindo da rotina sem escorregar na dieta

Foto: iStock.com/Getty Images

Alimentação durante as viagens

Como não sabemos o que nos espera no destino escolhido, montar cardápios específicos para a perda de peso nessas ocasiões é relativamente inviável. Ainda mais quando há a inclusão de pratos típicos no roteiro. Porém, é possível experimentar a culinária local sem escorregar na dieta. “Isso tem de ser feito com bom senso e moderação. No dia em que comer um prato típico mais pesado, procure não consumir bebidas alcoólicas. E vice-versa. Em todos os lugares, há opções de alimentos saudáveis que devem compensar os experimentos gastronômicos da viagem”, salienta Patrícia.

SAIBA MAIS

Comece a usar a lei da compensação na dieta

Monte seu prato com a quantidade ideal de nutrientes

Organização pessoal pode influenciar a perda de peso

Saiba o que comer para não escorregar na dieta!

Antes de sair atacando guloseimas durante o passeio, comece o dia com um belo café da manhã. Neste, dê preferência a pães integrais, frutas, sucos de frutas, cereais à base de milho ou integrais, frios magros e até mesmo ovos, desde que feitos sem manteiga ou margarina. Por outro lado, evite (ou consuma em quantidade pequena) os pães “brancos”, como croissants, pães doces, cereais com açúcar, biscoitos amanteigados e outros alimentos calóricos. “Quanto mais comer esse tipo de alimento, mais fome você terá ao longo do dia, o que cria um ciclo vicioso”, alerta a nutricionista.

Faça substituições espertas

Procure opções saudáveis nos restaurantes. Vale peixes, frutas, sucos de fruta, água de coco e outros. Evite as frituras ou consumir frutas somente na forma de acompanhamentos, como na famosa caipirinha. “Mais uma vez, deve prevalecer o bom senso diante dos inevitáveis deslizes: se perder a linha todos os dias, o ponteiro da balança certamente vai subir”, atenta a profissional.

Anote:

  • Se for tomar uma taça de vinho no jantar, evite carboidratos durante a refeição, uma vez que as bebidas alcoólicas já são ricas desse nutriente.
  • Em vez de sair de carro, vá conhecer os lugares a pé! Assim, você também se exercita.

Texto: Viviane de Gênova/Colaboradora | Consultoria: Patrícia Davidson, nutricionista funcional do Rio de Janeiro (RJ)

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.