ESTILO DE VIDA

Verão: 5 problemas de saúde que aumentam nessa época

O verão é a estação mais querida do ano, mas pode desencadear alguns incômodos. Veja 5 problemas que aumentam nessa época e fuja deles!

None
Foto Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 26/09/2016 às 19:24
Atualizado às 17:29

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

No verão, o organismo reage e, apesar de ser a estação preferida de muitas pessoas, podem surgir alguns incômodos. Veja os problemas que aumentam com o calor e previna-se para aproveitar praias, piscinas e outras delícias na época mais quente do ano!

Piscina, água, boias, bola de piscina, objetos coloridos, verão, sol

Foto Shutterstock.com

Problemas no ouvido

“O aumento da frequência da população em praias e piscinas faz com que o índice de casos de otites externas se multiplique no verão, inclusive os de eczemas e micoses de ouvido”, afirma o especialista em otorrinolaringologia, Alexandre Bié. Se a exposição à água for muito frequente, é indicado proteger o ouvido com um molde de silicone.

Foliculite

Suor e depilação aumentam as chances de ter pelos encravados, que podem inflamar e infeccionar. A foliculite é causada por bactérias e, na mulher, costuma surgir no bumbum e nas coxas, mas pode aparecer em qualquer região com pelos. Evite roupas justas, esfolie a pele pelo menos 1 vez por semana e use sabonetes antissépticos.

Pressão baixa

Calor excessivo e pouca hidratação são problemas principalmente para quem já sofre de pressão baixa, que pode provocar tontura, formigamento e até desmaio. Beber bastante água durante o dia é o principal fator preventivo. Quando os sintomas surgem, o recomendado é deitar e levantar as pernas para melhorar a circulação do sangue.

LEIA TAMBÉM

Micose

Pele quente e úmida favorece a proliferação de fungos que causam a micose, cujos sintomas são descamação da pele, coceira e manchas vermelhas. Mantenha a pele sempre seca, evite ficar muito tempo com roupa de banho molhada e não use o mesmo sapato por 2 dias seguidos.

Conjuntivite

Os riscos aumentam com a exposição dos olhos à água da piscina ou do mar. Os principais sintomas são olhos vermelhos e lacrimejantes, inchaço nas pálpebras, secreção e intolerância à luz. Não compartilhe maquiagem e toalhas de rosto e lave as mãos com frequência. Ao notar os primeiros sintomas, procure um oftalmologista.

Consultoria Alexandre Bié, especialista em otorrinolaringologia