Memorização: veja como melhorar essa habilidade

A memorização é uma habilidade fundamental para o nosso dia a dia, por isso é importante não deixá-la enferrujar. Veja como exercitá-la em 5 passos

None
FOTO; Shutterstock Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 08/08/2016 às 19:10
Atualizado às 11:28

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Esquecer onde colocou as chaves de casa, o que ia comprar no mercado ou dar aquele branco na hora de uma prova superimportante… Todo mundo já passou por uma situação em que a memória deixou a desejar. E essa é uma situação em que ninguém quer se encontrar. Mas se não treinada, a memória pode falhar às vezes.

Então, confira alguns truques simples para reforçar as lembranças.

Treine sua memorização!

1. Mantenha o check up em dia
Acompanhar periodicamente como anda a saúde é fundamental para saber como está funcionando seu corpo. Ficar atento a pequenas modificações na memória é essencial para prevenir maiores problemas.

2. Faça listas
Compromissos, compras… Seja qual for a atividade, as listas são uma ajuda e tanto na hora de organizar o que é para fazer. O simples fato de descrevê-las já é uma estratégia para memorização.

quebra-cabeça - memorização

FOTO: Shutterstock Images

3. Abuse de passatempos
Cruzadinha, caça-palavras, quebra-cabeça… As opções são muitas, mas o que importa é fazer uso de passatempos, pois desafiam a mente, e são capazes de refinar a capacidade de atenção (confira diversos exemplos a partir da página 20). O que vale é treinar seu cérebro como se fosse um músculo!

4. Preste atenção
Cada tarefa realizada merece sua total atenção. Muita coisa na cabeça diminui a assimilação e deixa passar dados que seriam relevantes. Identifique as prioridades do momento e foque em sua execução, desligando-se do resto.

E claro, faça uma atividade por vez. “A dica principal é focar na conversa ou leitura que está fazendo sem pensar em mais nada. Isso dará chance para seu cérebro efetivamente registrar aquela informação”, compartilha a médica de família Cristiane Gussi Baito.

5. Busque associar
Sempre que você aprender algo novo, procure ligar a alguma coisa que já conheça, pois isso facilita a memorização. A dica também vale para quando quiser lembrar de algum compromisso: associe imagens em torno do conteúdo.

A técnica é chamada de regra mnemônica e é usada, principalmente, por estudantes para decorar matérias. Ao associar uma informação difícil de ser memorizada a algo de mais facilidade, o cérebro cria conexões que ajudam a reviver as lembranças.

Outro truque é associar a objetos: se você conheceu a Maria quando ela segurava um caderno, pense nela como Maria do Caderno. Parece algo sem sentido, mas funciona. E acredite: quanto mais absurdas forem as associações, mais fácil de se lembrar delas.


Saiba mais!

Memória: entenda sua importância no dia a dia

É possível criar memórias falsas?

Procurando Dory: o que é perda de memória recente?


Texto e entrevistas:
Natália Negretti – Edição: Giovane Rocha

Consultorias: Cristiane Gussi Baito, médica de família

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.