Ushuaia: conheça as melhores pistas de esqui do fim do mundo

Conhecer Ushuaia exige fôlego, curiosidade e espírito aventureiro. Descubra agora como aproveitar melhor cada pedacinho do fim do mundo!

por Wanessa Bighetti
Publicado em 24/08/2016 às 11:46
Atualizado às 14:03

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Ushuaia, conhecida como o Fim do Mundo, é uma cidadezinha pacata, rodeada por montanhas nevadas. Tem pouco mais de 100 anos e uma densidade demográfica baixa, com cerca de 70 mil habitantes. Em contrapartida, possui uma rede hoteleira de primeiro mundo, gastronomia peculiar e diversão para todos os gostos. Descubra agora como aproveitar o melhor de Ushuaia!

Ushuaia: saiba tudo sobre o lugar conhecido com fim do mundo

FOTO: Shutterstock Images

Diversão na neve

O famoso Cerro Castor, localizado a 26 km do centro, é uma das principais atrações de Ushuaia. E não é pra menos, em 2013, ele foi premiado no World Ski Awards com o título de melhor estação portenha de esqui. Além das excepcionais condições técnicas, que garantem neve top de linha (fofíssima, conhecida como powder), a qualidade dos serviços, dos instrutores e dos equipamentos é altíssima.

Inaugurado em 1.999, o Cerro conta com 27 pistas, divididas entre iniciantes (9), intermediárias (6), difíceis (8) e muito difíceis (4). Os 11 meios de elevação, que podem transportar até 9500 pessoas por hora, garantem filas relativamente pequenas mesmo no auge da temporada. Na primeira subida, você já dá de cara com paisagens cinematográficas: rios, pinheiros e o sol se pondo atrás da montanha formam uma cena indescritível.

Teleférico em Ushuaia

FOTO: Shutterstock Images

A temporada é uma das mais longas do país, começa em meados de junho e se estende até o começo de outubro. Uma dica importante é recorrer aos transfers ou táxis para chegar até a montanha. Alugar um carro para esse itinerário pode ser roubada, pois dirigir por estradas nevadas costuma ser uma experiência pouco divertida – e bastante perigosa para motoristas sem experiência em guiar nessas condições.

O cardápio de diversão na neve continua com o Glaciar Martial, a 7 km de Ushuaia. Durante os meses de inverno, a estação de esqui funciona a todo vapor e tem preços mais camaradas do que os do famoso Cerro Castor, especialmente no quesito aulas. A vista é uma das melhores da cidade – e alcança o Glaciar, o Canal de Beagle e a Ilha Navarino, no Chile.

Na Ruta 3, existem ainda mais nove centros invernais que cercam Ushuaia. Com tantos endereços, a diversidade de atrações é garantida: patinação no gelo, snowcat, caminhada com raquetes nos pés, trenós puxados por huskies, escaladas, patinação, tours de 4×4, motos de neve e bikes, mergulho, pesca, cavalgadas, canoagem e trekking são algumas das muitas possibilidades que você vai encontrar por lá.

#ficadica: o site Turismo de Ushuaia (turismoushuaia.com) tem versão em português e links para praticamente todas as estações.

Leia também:

Bariloche: melhores atrações turísticas

Bariloche: Rota dos Sete Lagos é imperdível

Cerro Catedral: o melhor lugar de Bariloche para esquiar

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.