Truques e segredos que vão ajudá-la conquistar a silhueta dos sonhos!

Confira 8 dicas preciosas para secar que vão te ajudar a conquistar a tão desejada silhueta dos sonhos e a ganhar mais saúde!

None
Foto: Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 28/11/2016 às 18:45
Atualizado às 12:38

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Calor, sol, piscina, praia, férias e festas, muitas festas. O final e o começo do ano são épocas agitadas para a maioria das pessoas. Por outro lado, o calor pede roupas que deixam o corpo à mostra, fazendo com que os quilinhos extras ganhem destaque! O processo de emagrecimento deve ser gradativo, mas isso não quer dizer que tenha que ser demorado. E não estamos falando de fechar a boca e passar o dia a pão e água, pelo contrário! É possível emagrecer rápido e sem passar fome! Veja como é fácil conquistar a silhueta dos sonhos:

Mulher loira na piscina

Foto: Shutterstock.com

Final de semana não está liberado

Quando se faz um programa de emagrecimento, ele deve ser constante e sem interrupções. Para o corpo não existe final de semana nem descanso, a cada parada o organismo tem que se adaptar e começar tudo de novo. Portanto, para alcançar a tão sonhada silhueta dos sonhos, a dieta deve ser seguida de segunda a segunda.

Coma alimentos com a gordura do bem

Nem todas as gorduras fazem mal à saúde. As gorduras insaturadas, divididas em poli-insaturadas e monoinsaturadas, reduzem os riscos de inflamação, câncer, doenças degenerativas, baixam o mau colesterol (LDL) e melhoram o nível do bom colesterol (HDL), além de ajudarem a emagrecer, pois equilibram a função da insulina, evitando que a gordura fique acumulada no organismo. As gorduras do bem são encontradas em: nozes, amêndoas, castanhas, linhaça, abacate, óleos vegetais (girassol, milho e soja), peixes gordurosos (salmão, atum, arenque e sardinha) e na semente de abóbora.

Fechar a boca é prejudicial

Normalmente as pessoas acham que devem fechar a boca após um dia de exageros, mas não sabem o quanto isso é errado e prejudicial ao organismo, e que não vai ajudar em nada na consquista pela silhueta dos sonhos. Na verdade, quando o corpo está em jejum e recebe poucos nutrientes, o que se perde é água e não gordura, por isso a mudança na balança. “É impossível aprender hábitos saudáveis de alimentação passando fome. É ineficiente, é perigoso à saúde e é uma garantia de fracasso, além de levar automaticamente à uma desordem alimentar”, explica a nutricionista Márcia Loureiro.

Não pule refeições!

O certo é se alimentar de três em três horas, fazendo de 5 a 6 refeições diárias. Comendo com horários programados, o corpo não sente fome e você evita a compulsão alimentar e as beliscadas fora de hora. Quando se deixa de comer em alguma refeição, o organismo se protege guardando energia em forma de gordura e deixa o metabolismo em um ritmo mais lento. A alimentação fracionada também previne a queda nos índices de gordura no sangue (hipoglicemia).

Mastigue bem os alimentos

Esse hábito ajuda a aumentar a saciedade e faz com que as refeições durem mais tempo. O cérebro demora aproximadamente 30 minutos para registrar que o estômago está cheio, sendo assim, mastigue cerca de 30 vezes antes de engolir as porções de comida.

Evite o sal

Sal em excesso é um vilão para a saúde! Isso porque o sódio retém líquido, permitindo que as células acumulem água, causando o inchaço no corpo e a sensação de mal-estar. A quantidade ideal indicada é de 1 colher de sopa por dia.

Beba bastante água

O líquido ajuda a combater a retenção de líquidos porque estimula os rins a trabalharem mais e, com isso, expele o sal do organismo, além dos resíduos de gordura queimada pelo corpo. Outra boa opção é ingerir água gelada, pois o organismo não consegue digeri-la até que ela esteja na temperatura do corpo. Sendo assim, o organismo gasta mais energia para aquecê-la. Importante saber também que o indicado é tomar, em média, 2 litros de água por dia, lembrando que não é recomendado beber água ou outro líquido durante as refeições, somente 30 minutos antes ou depois.

Alimentos curinga para secar e conquistar a silhueta dos sonhos

Salmão: é rico em ômega 3, ômega 6 e ômega 9, nutrientes com poderosa ação antiinflamatória. Consuma peixe de 3 a 5 vezes por semana.

Frutas e legumes: têm digestão mais fácil e são ricos em vitaminas e minerais que atuam como antioxidantes e combatem os radicais livres, nocivos ao organismo. Coma de 3 a 5 porções por dia.

Chá verde: rico em catequinas, substâncias que combatem a inflamação, radicais livres e possuem efeito termogênico, ajudando a reduzir a concentração de gorduras no sangue. Beba no máximo 1 litro por dia.

Alimentos integrais: por causa das fibras, melhoram a função intestinal e aumentam a capacidade de excreção de toxinas por meio das fezes, potencializando a desinflamação.

Grãos: possuem vitaminas e minerais. Já os grãos integrais, em geral, possuem fibras que não são digeridas e agem auxiliando a aceleração do trânsito intestinal. Podem ser consumidos em saladas, sucos e com frutas.

Limão e lima da pérsia: possuem vitamina C, ácido cítrico e d-limoneno, que estimula o funcionamento do fígado e a eliminação de toxinas.

Shitake: é rico em oligoelementos, que realizam uma limpeza no organismo. Também é fonte de vitaminas do complexo B e ajuda na formação de hormônios e neurotransmissores. O ideal são 5 miligramas por dia, encontrados em 100g de shitake.

Água de coco: contém antioxidantes que combatem os radicais livres, é altamente hidratante, o que estimula o funcionamento dos rins. Também possui vitaminas A, B1, B2 e B5, que atuam na desinflamação do organismo.

Água: ajuda a restabelecer o pH do organismo, sendo um elemento fundamental para a desintoxicação do corpo. Auxilia no bom funcionamento dos rins, aumentando a excreção de toxinas pela urina, além de ajudar no bom funcionamento do organismo como um todo.

Texto: Júlia Prado | Consultoria: Márcia Loureiro, nutricionista da Clínica Life, de Campinas

LEIA TAMBÉM