Acabe com as distrações: veja 7 truques para manter o foco

Distrações estão em todos os lugares, seja no trabalho ou na escola, e precisamos saber lidar com elas. Veja 7 dicas para não se dispersar

None
FOTO: Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 16/11/2016 às 12:05
Atualizado às 11:46

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Já reparou que fica cada vez mais difícil manter a concentração em uma tarefa? Isso ocorre porque novos meios que causam distrações aparecem a todo momento, como redes sociais, jogos, séries de TV, YouTube, etc. Por isso, separamos 7 dicas para você ter mais foco em suas atividades e realizar suas conquistas.

1. Segundo a neuropsicóloga Tacianny do Vale, antes de tudo, é essencial evitar o maior número de estímulos de distrações possíveis, como a televisão ligada ao fundo. Isso porque o excesso de informações dificulta o foco, tornando-o segmentado e, até mesmo, ineficiente.

2. Busque um local confortável para executar suas atividades. Por exemplo, se você trabalha sentado, acomode-se em uma cadeira de qualidade, com estofado e apoio para os braços, e regule a mesa na altura adequada. Esses fatores contribuem para que sua atenção não desvie com distrações e você consiga executar tudo sem grandes dificuldades.

foco-distracoes-celular-carro-homem

FOTO: Shutterstock.com

3. Sente-se afastado de portas e janelas. Assim, é possível evitar contatos sonoros ou visuais com distrações que podem tirar sua concentração, como a conversa no corredor ou a discussão entre duas pessoas na rua.

4. Organização é tudo! Não adianta querer resolver tudo ao mesmo tempo, pois isso só favorece a dispersão. Então, realize uma atividade de cada vez e deixe que seu cérebro processe as informações individualmente. “As multitarefas, em quase todas as vezes, causam prejuízo no rendimento”, esclarece o doutor em neurologia Erasmo Casella.

5. Defina prioridades. Avaliar a importância de tudo o que tem para fazer durante o dia é essencial para que seu cérebro também compreenda a situação. Com isso, você não perde tempo e energia com algo menos relevante e que pode ser feito depois.

6. “Procure deixar objetos como chave, bolsa e carteira sempre no mesmo lugar”, indica Erasmo. Por meio desse tipo de padrão, seu cérebro aumenta o poder de concentração ao acessar memórias de longo prazo, localizando as informações com mais rapidez e precisão.

7. Mantenha-se emocionalmente saudável. O bem-estar mental também é um fator de extrema importância para que a sua capacidade atinja níveis elevados. Alguns casos que podem interferir são depressão, estresse e ansiedade. Então, caso você apresente sintomas relacionados a esses quadros, procure a ajuda de especialistas.

LEIA TAMBÉM

Texto e entrevistas: Vitor Manfio/Colaborador – Edição: Giovane Rocha/Colaborador

Consultorias: Erasmo Casella, doutor em neurologia pela Universidade de São Paulo (USP) e médico do Instituto da Criança do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP), em São Paulo (SP); Tacianny do Vale, neuropsicóloga da clínica Dr. Família, em São Paulo (SP)