Treino: o que comer antes e depois da atividade física!

Uma alimentação saudável pré e pós-treino ajuda a ganhar massa magra e a perder peso com mais facilidade. Confira dicas da especialista!

None
Foto: iStock.com/Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 26/07/2017 às 10:00
Atualizado às 12:38

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Quem nunca se sentiu mais leve e saudável depois de uma hora de corrida, musculação ou até mesmo após uma caminhada? A grande questão é que após todo o “suor” para eliminar os quilinhos extras é que aparece aquela fome. E aí, fica a dúvida: o que devo comer? Pode até nem parecer tão importante, mas uma alimentação adequada, antes e depois do treino físico, é fundamental para alcançar os objetivos planejados.

Treino, o que comer, antes e depois

Foto: Shutterstock.com

Dicas da nutri

“É necessário que haja uma reeducação alimentar e adequação da dieta para um satisfatório ganho de massa, sem que tenha aumento de gordura. Assim, os efeitos dos exercícios são potencializados e os resultados são alcançados mais rapidamente. A pessoa pode treinar e ganhar gordura se não tiver equilíbrio no consumo dos alimentos gordurosos e cometer excesso com a justificativa de fazer exercício”, explica a nutricionista Maiara Fidalgo.

Treino, o que comer, antes e depois

Foto: Shutterstock.com

Alimentação adequada para o treino

De acordo com Maiara, é importante se alimentar cerca de 30 a 45 minutos antes de fazer exercício físico com alimentos que ajudem na reposição de reservas de energia, que evitem ter fome durante o treino e garantam o bom desempenho. “Antes do treino, é importante dar preferência a alimentos ricos em carboidratos, como frutas, sucos, aveia, pão de forma light ou iogurte. Deve-se evitar alimentos ricos em gorduras e fibras, pois são absorvidos de forma mais lenta”, afirma a especialista. Já depois do treino, o ideal é ingerir alimentos que reabastecem as reservas de energia e otimizam a recuperação muscular. “Deve-se preferir refeições que contenham arroz integral, pão integral, carnes magras, ovos, verduras e frutas. O consumo pode ser feito até duas horas após o treino. Mas é importante que a pessoa se alimente de três em três horas”.

Consultoria: Maiara Fidalgo, nutricionista da Fluyr Saudável – Clínica de Combate à Dor e ao Estresse

LEIA TAMBÉM