ESTILO DE VIDA

Tratamento da depressão exige algumas mudanças de atitudes

Por ser um procedimento complexo, o tratamento da depressão necessita de mudanças no estilo de vida. Veja algumas recomendações dos profissionais.

None
Foto: Glow Images/Latinstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 08/09/2016 às 19:08
Atualizado às 20:57

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Mesmo com toda expectativa gerada pelos tratamentos tradicionais e pelas novas ferramentas, muitos casos de depressão ainda parecem sem solução, seja pela falta de informação ou pelos obstáculos encontrados no decorrer do processo. Entretanto, quando a abordagem é feita de maneira individual e correta, o tratamento tem tudo para surtir efeito.

“É muito importante fazer uma diferenciação entre o que chamamos de paciente refratário (aquele que não consegue apresentar uma melhora satisfatória e continuada) daquele que não foi adequadamente tratado ou não foi submetido a todos os recursos disponíveis e possíveis para tratar essa doença”, explica o psiquiatra Rodrigo Pessanha.

Ainda assim, o profissional demonstra otimismo com um futuro próximo e aponta que alguns ajustes nessas questões podem torná-las ainda mais positivas. “Eu sempre digo que é cada vez mais improvável que nos deparemos com um caso intratável de depressão”, complementa.

depressão

Foto: Glow Images/Latinstock

Dicas simples para superar a depressão

Por ser um procedimento complexo, o tratamento da depressão necessita de algumas mudanças no estilo de vida. Tais mudanças, além de proporcionarem maior qualidade de vida, podem impactar positivamente sua rotina. Nem sempre é fácil começar, mas é certo que, com disciplina, a abordagem trará resultados satisfatórios.

O psicanalista Paulo Paiva aponta três mudanças de atitudes que podem contribuir para a mudança de mentalidade e de comportamento de uma pessoa depressiva:

  • Buscar ter uma vida social mais ativa do que o usual;
  • Praticar atividade física com maior frequência;
  • Desenvolver o relacionamento interpessoal. Isto é, conversar mais com as pessoas, expressar com maior frequência a sua opinião e não guardar tudo para si.

Veja mais:

Seu cérebro pode ser um aliado para combater a depressão

Psicoterapia é uma importante aliada para superar a depressão

Eletroconvulsoterapia: técnica é indicada contra a depressão

Consultorias: Beatriz Breves, psicanalista e fundadora e presidente da Sociedade da Ciência do Sentir, no Rio de Janeiro (RJ); Cristiane Vilaça, psicanalista; Júlia Bárány, psicanalista; Maria Cristina de Stefano, psiquiatra; Paulo Paiva, psicanalista, coach e especialista em gestão de pessoas; Rodrigo Pessanha, psiquiatra.

Texto: Vitor Manfio/Colaborador – Entrevistas: Ricardo Piccinato – Edição: Augusto Biason/Colaborador