Negócio familiar: confira dicas de um especialista para fazer dar certo

Conviver com familiares e amigos no ambiente de trabalho pode ser perigoso, por isso, essa relação merece certos cuidados. Confira dicas do especialista:

None
Foto: reprodução/IStock Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 11/09/2017 às 13:47
Atualizado às 13:45

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Contratar amigos e parentes pode ser muito prazeroso e contribui para um bom clima no ambiente de trabalho. Entretanto, essa relação pede cuidado: as normas dentro da empresa devem ser claras, ninguém pode ser privilegiado e é preciso ter desenvoltura para lidar com as situações delicadas. Você está preparada para dar as cartas dentro e fora de casa? Consegue receber ordens do marido, da irmã, da amiga, sem problemas?

Nada de constrangimentos no trabalho

Não contrate quem você não pode demitir. Esse é o mandamento número um para quem não quer ter desentendimentos com pessoas próximas no ambiente profissional. Imagine que uma grande amiga faz parte de sua equipe e cometeu uma falha. Você terá firmeza para repreendê-la? Ficará intimidada se precisar cortá-la do quadro de funcionários? Tudo isso precisa ser pensado antes de empregar alguém por camaradagem. “Apenas se as regras forem bem claras e ambas as partes agirem com profissionalismo, pode dar certo”, recomenda o consultor e palestrante Roberto Barretto.

Não confunda

O mesmo vale para quem está do outro lado: se você recebeu uma proposta de um familiar ou amigo, reflita se será capaz de se subordinar e separar a relação profissional da vida pessoal. “Caso contrário, ambas as partes podem ser seriamente prejudicadas”, comenta o especialista. Seja honesta consigo e respeite seus limites. No relacionamento entre chefes e empregados costuma haver altos e baixos, por isso, cabe a você identificar se será capaz de deixar, da porta de casa para fora, a bronca que levou no trabalho.

Parceria de sucesso

É uma missão difícil, mas não impossível! Acredite, trabalhar com familiares e amigos também tem vantagens. O consultor Roberto Barreto é um exemplo de que é possível construir um negócio sólido com a ajuda de parentes: fundador de um centro de idiomas, ele divide a sociedade com sua irmã e conta com a ajuda da mãe e da esposa na equipe. A fórmula para uma união bem sucedida não existe, mas se tiver em mente esta dica, seu negócio de família pode prosperar: “a transparência das normas permite que o relacionamento com a equipe seja excelente”, sugere. Por isso, seja fiel a tudo que é estabelecido e não faça distinção entre os funcionários.

LEIA TAMBÉM:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.