ESTILO DE VIDA

TPM: cigarro e álcool intensificam os sintomas

Você sabia que o vício em cigarro e álcool pode piorar os sintomas da TPM? Órgãos importantes para o metabolismo sofrem com o consumo dessas substâncias.

None
FOTO: iStock.com/Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 16/02/2017 às 12:47
Atualizado às 13:27

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Que o cigarro e o álcool não fazem bem à saúde, não é novidade para ninguém. Porém, o que pouca gente sabe é que essas dependências também são agravantes quando o assunto é tensão pré-menstrual. Afetando diversas partes do corpo, o tabaco e o álcool interferem nos sintomas da TPM, colaborando para o mal-estar das mulheres. E de nada adianta suspender o fumo e a bebida somente nos dias que antecedem a menstruação, já que as substâncias nocivas geram alterações diretas no organismo. O ideal é dar um basta.

cigarro-tpm-mulher

FOTO: Shutterstock

Perigo à vista

A combinação de cigarro e pílula vai muito além de acentuar os sintomas. Ela pode acelerar a coagulação do sangue, aumentando significativamenteas chances da mulher ter um acidente vascular cerebral (AVC) e trombose, principalmente em quem tem histórico familiar para essas doenças.

A ciência confirma!

Mulheres fumantes com idade entre 27 e 44 anos possuem o dobro de chance de sofrer de tensão pré- menstrual. É o que aponta uma pesquisa da Universidade de Massachusetts, nos Estados Unidos. Cerca de três mil mulheres participaram do estudo que destacou, ainda, que dores nas costas, seios inchados e acne são os principais sintomas em quem faz uso do tabaco. Além disso, o risco de sofrer de TPM cresce à medida que o número de cigarros fumados e o tempo do vício aumenta.

Álcool

FOTO: Shutterstock

Ofígado é um dos órgãos mais afetados pelo consumo de bebidas alcoólicas. Uma vez não funcionando bem, alguns sintomas da TPM podem se agravar. Importante no metabolismo dos hormônios, principalmente durante os dias pré- menstruais, o fígado recebe o álcool como algo tóxico. “O álcool é um agente pró-oxidante e lesa o sistema enzimático do fígado”, afirma o clínico geral Alex Botsaris. O órgão fica mais lento e sobrecarregado, o que afeta, também, a eliminação natural de toxinas que, em excesso, prejudicam o organismo na TPM.

Cigarro

Ao levar as toxinas do cigarro para dentro do corpo, diversos metabolismos se alteram. Para ter mais qualidade de vida, procure abandonar o hábito o quanto antes. Pesquisas apontam que quem para de fumar até os 30 anos aumenta em 10 anos a expectativa de vida. Com o consumo de cigarro, os vasos sanguíneos passam a se contrair, resultado da ação da nicotina. É esse processo que colabora para o surgimento das doenças cardiovasculares em todo fumante. Já nas mulheres, potencializa as cólicas, pois dificulta a passagem do sangue.

Texto: Redação Alto Astral

Consultoria: Alex Botsaris, clínico geral

LEIA TAMBÉM: