ESTILO DE VIDA

Terapia lacaniana: entenda como funciona e para quem é indicada

Baseada nos estudos de Jacques Lacan, a terapia lacaniana tem como principal característica a escuta daquilo que incomoda os pacientes no dia a dia.

None
FOTO: Shutterstock Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 02/09/2016 às 12:52
Atualizado às 20:58

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

A terapia lacaniana, formulada pelo psiquiatra Jacques Lacan, é bastante complexa e, às vezes, o próprio analisando (ou paciente) não entende a concepção da escuta proposta por essa corrente.

Consulta terapia lacaniana

FOTO: Shutterstock Images

“O terapeuta lacaniano faz poucas, ou quase nenhuma intervenção na fala do analisando para não influenciar ou contaminar aquilo que o paciente tem vontade, aquilo que o inconsciente dele está pedindo para que ele diga”, explica o psicanalista Gino Cammarota.

Como é a primeira consulta?

Na primeira consulta, o psicanalista ouve a principal queixa do cliente e aquilo que mais o incomoda, deixando-o falar de forma livre. O especialista escuta o que é falado, contudo, também presta muita atenção no que não é dito, ou seja, nas entrelinhas.

Para quem é indicada a terapia lacaniana?

A  psicanálise,  em  geral,  é  indicada  para  pessoas  de  todas  as  idades,  de  crianças  a  idosos.  No  entanto, quanto  ao tratamento de transtornos, é útil, sozinha, somente se estiver no início ou apresentar um grau bem pequeno. “Quando  se  fala  de  transtornos  mais avançados, nós falamos também de um tratamento  médico, no caso, psiquiatria”, acrescenta o psicanalista.

Cammarota adiciona que, atualmente, o que se vê é uma união entre a psiquiatria e a psicanálise. Psiquiatras recomendam que, além do tratamento medicamentoso, exista um complemento para o lado emocional e comportamental, como uma forma de reforço aos remédios.

SAIBA MAIS

Psicanálise lacaniana: descubra como surgiu essa corrente da psicologia

Autismo: por que é indicada a psicoterapia?

Texto: Érica Aguiar Arte: Mary Ellen Machado

Consultoria: Gino Cammarota, psicanalista graduado pela Sociedade Brasileira de Psicanálise Integrativa (SBPI). Também ministra aulas dos módulos de Freud, Jacques Lacan e Melanie Klein no curso de formação psicanalítica da SBPI.