ESTILO DE VIDA

Tempo x balança: a desorganização faz você ganhar peso

O gerenciamento do tempo tem relação com o corpo. Confira cinco situações que mostram como a desorganização pessoal reflete diretamente na balança!

None
Foto Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 03/11/2016 às 08:29
Atualizado às 20:54

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Diferentemente do que se pensa, a desorganização à nossa volta também pode influenciar diretamente na saúde – e na dieta. Para conquistar qualidade de vida, o primeiro passo é o gerenciamento do tempo, que tem relação direta na maneira como se lida com o corpo. Confira cinco situações que mostram como a desorganização pessoal reflete diretamente na balança!

mulher comendo e mexendo no computador

Foto Shutterstock.com

1. Organize seu tempo

Pular refeições? Engorda! Comer de forma apressada também. Comer na frente da TV, adivinha? Também faz você ganhar peso! Comer porcarias e fast food por falta de tempo, pedir pizza à noite porque não se organizou para o supermercado, manter a despensa desorganizada e até manter roupas largas no armário são situações que resultam no ganho de peso. Então, o passo número um é gerenciar o tempo dedicado a essas ações.

2. Motive-se pela ordem

A desorganização também pode dificultar a respiração, a locomoção e a forma como você enxerga seu foco. Organizar ajuda a se manter motivado.

3. Foque na qualidade

Quando você se dispõe a uma nova dieta, não adianta colocar nela todas as expectativas com a balança. Não são as dietas que nunca dão certo, talvez seja o modo como você as organiza e se prepara – física e mentalmente – para elas e como a qualidade daquilo que se come dá sentido às suas refeições.

4. Abandone as desculpas

É preciso estar consciente quanto à forma que quer viver e o corpo que deseja para tomar decisões coerentes. Dizer que não tem tempo de fazer exercícios, mas passar diariamente 2 horas na frente da TV ou navegando nas redes sociais não é uma atitude coerente.

5. Mantenha mente e corpo leves

A relação existente entre consumo, bagunça e quilinhos a mais vai além. Quando consumimos (e gastamos) demais, acumulamos coisas e comemos também demais. Assim como quando mesmo com falta de espaço nos armários a pessoa continua a comprar itens, acontece com a comida. Organizar a mente para organizar o corpo é a principal lição para fazer as pazes com a balança.

Leia também: