Soja na dieta: conheça os benefícios desse alimento e inclua no cardápio

Considerada um alimento funcional, ela traz benefícios para a saúde e para o processo de emagrecimento! Descubra mais benefícios e inclua a soja na dieta!

None
Foto: iStock.com/Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 19/10/2016 às 18:30
Atualizado às 12:34

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

A lista de alimentos funcionais que precisam estar em nossos hábitos alimentares é grande e podemos encontrar diferentes legumes, vegetais e frutas. Mas sabia que a soja também é um desses alimentos? De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o consumo diário de, no mínimo, 25g de proteína de soja, associado a um cardápio equilibrado e hábitos saudáveis, pode ajudar a reduzir o colesterol ruim. Além disso, ela é considerada a pequena maravilha do reino vegetal e proporciona derivados alimentícios ricos em nutrientes, cujo feijão é conhecido como “grão milagroso”. Confira mais benefícios de incluir a soja na dieta:

grãos de soja

Foto: iStock.com/Getty Images

Versátil

Segundo a nutricionista Márcia Regina Dal Médico, a soja é um dos alimentos mais completos e versáteis. “Vários estudos têm demonstrado que o consumo de produtos derivados da soja está frequentemente associado com a redução do risco de inúmeras doenças, como câncer de esôfago, pulmão, próstata, mama e cólon retal, além de doenças cardiovasculares, a osteoporose, o diabetes, o Mal de Alzheimer e até mesmo os sintomas da menopausa”, diz. No coração, por exemplo, a ingestão de proteína de soja reduz a taxa do mau colesterol (LDL). As gorduras predominantes no grão são as poliinsaturadas e as monossaturadas, que não provocam obstrução de artérias. “Na mama e próstata, os fitoestrógenos, substâncias químicas presentes na soja e semelhantes ao hormônio feminino, reduzem o risco de câncer. Nos ossos, eles também podem aliviar sintomas decorrentes da falta de hormônios na menopausa e retardar a osteoporose. Já no intestino e pâncreas, as fibras presentes na soja ajudam no funcionamento do intestino e na redução dos níveis de glicose no sangue de diabéticos”, explica a nutricionista.

Contra o envelhecimento

A soja também tem ação oxidante, que é a proteção do organismo contra os danos celulares que levam ao envelhecimento. Além disso, ela e seus derivados são ricos em proteínas e minerais como ferro, cálcio, fósforo, potássio e vitaminas do complexo B.

Ideal

A quantidade de soja indicada é de 60g a 100g de derivados da soja ao dia ou 100mg a 200mg de extrato de soja correspondendo de 50mg a 80mg de isoflavonas.

Texto: Paola Patriarca/Colaboradora | Consultoria: Márcia Regina Dal Médico, nutricionista

LEIA TAMBÉM