ESTILO DE VIDA

Sobremesa para melhorar a memória: maçã assada

Quem disse que sobremesa é sinônimo de malefícios ao organismo? É possível aliar o sabor doce no prato com ingredientes saudáveis e parceiros da memória!

None
Foto: iStock.com e Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 10/08/2016 às 23:48
Atualizado às 21:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

A receita!

maca-assada-crocante-37334

Foto: Stela Handa/Colaboradora Produção: Stela Handa e Maria Olinda Cabral/Colaboradoras

– Maçã assada crocante

Rendimento: 6 unidades

Tempo de preparo: 20min

Calorias por porção: 335kcal

Ingredientes:

  • 3 maçãs
  • 4 colheres (sopa) de manteiga sem sal
  • 1/2 xícara (chá) de castanha-de-caju picada grosseiramente
  • 1/2 xícara (chá) de amêndoa picada grosseiramente
  • 3 colheres (sopa) de açúcar demerara
  • 1 pitada de canela em pó
  • 1/2 xícara (chá) de queijo branco ralado
  • 1/2 xícara (chá) de uvas-passas sem sementes
  • Pimenta-do-reino moída na hora

Modo de preparo

Corte uma tampa nas maçãs e tire um pouco da polpa com a ajuda de uma colher pequena. Coloque em um refratário. Corte um pedaço pequeno na base para que fique parada no refratário. Em uma tigela, misture a manteiga, a castanha, a amêndoa, o açúcar, a canela, o queijo, as passas e pimenta. Coloque uma porção em cada maçã e asse em forno alto, preaquecido, por 15 minutos.

As vantagens dos ingredientes

– Maçã

Boa memória e mais concentração são alguns dos benefícios proporcionados pela fisetina, uma substância antioxidante presente na fruta.

“Ela estimula a formação de novas conexões neurais. Outros antioxidantes da maçã, como a vitamina C, combatem as reações tóxicas que ocorrem nas células, preservando suas funções”, acrescenta a nutricionista Elaine Pádua.

sobremesa-de-maçã

Foto: iStock.com e Getty Images

– Castanha de caju e amêndoa

Conhecidas como oleaginosas, elas melhoram as funções cognitivas, pois são fontes de ômega 3, gordura benéfica que compõe as células do cérebro, em especial a bainha de mielina, estrutura dos neurônios responsável pela rapidez da transmissão de informações.

Também oferecem vitaminas do complexo B. “O corpo precisa desses nutrientes para produzir muitos neurotransmissores. Eles também protegem os tecidos nervosos da oxidação”, explica a nutricionista Bianca Innocencio.

Saiba mais:

Snack saudável: aprenda a fazer chips naturais!

Bolo fofinho: 5 ingredientes que vão deixar o bolo mais saudável!

5 motivos para aderir à reeducação alimentar

– Canela

Ajuda a controlar a glicemia em diabéticos e em pessoas saudáveis também. Por isso, a canela é indicada para ser acrescentada a pratos doces, além de dar um sabor extra.

Também tem ação termogênica, ou seja, aumenta a temperatura corporal, estimulando a queima de calorias. Portanto, dentro de uma dieta pouco calórica, o tempero ajuda a emagrecer.

– Queijo branco

Zinco, iodo e selênio são alguns importantes minerais que o queijo oferece. O zinco é fundamental para a cicatrização e o crescimento de unhas e cabelos; o iodo participa da formação dos hormônios da tireoide, que regulam o metabolismo; e o selênio previne o envelhecimento precoce.

Consultoria Bianca Innocencio; nutricionistas; Elaine Pádua, nutricionista

Culinarista: Denise Amantini/Colaboradora