ESTILO DE VIDA

3 sentimentos que você já sentiu, mas não sabe o nome

Alguns sentimentos não apresentam nomes específicos para descrevê-los, contudo, idiomas estrangeiros podem traduzi-los em palavras

None
FOTO: Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 15/09/2016 às 19:11
Atualizado às 20:57

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Saudade é um sentimento que só pode ser descrito na língua portuguesa – pelo menos é o que dizem os especialistas. E isso também acontece com outros sentimentos que, provavelmente, muitas pessoas já tenham sentido, mas que não sabiam quais palavras usar para nomeá-los.

Alguns sentimentos podem ser descritos com palavras estrangeiras

FOTO: Shutterstock

E foi pensando nisso que a escritora e pesquisadora Tiffany Watt Smith, da Universidade Queen Mary (Londres), selecionou algumas expressões de outras línguas que são capazes de representar alguns sentimentos até então sem nome. Conheça 3 delas a seguir!

1. Awumbuk

Quando alguém recebe hóspedes em sua casa e, depois de um certo período (que pode ser curto ou longo) eles vão embora, não é incomum ter uma sensação de vazio. No Brasil, não existe uma palavra que descreva corretamente essa emoção, sendo que o mais próximo, talvez, seja a saudade. Entretanto, em Papua Nova Guiné, é possível nomear essa situação: os habitantes desse pequeno país da Oceania chamam de awumbuk.

SAIBA MAIS:

Faxina na alma: combata emoções ruins e ganhe bem-estar

Descubra os 5 principais sintomas da depressão

Síndrome do pânico: 5 dicas para amenizar as crises

2. Ilinx

Algumas pessoas podem sentir uma vontade repentina de destruir alguma coisa, seja uma lixeira ou uma placa na rua – mesmo sabendo que isso é um ato de vandalismo. Na França, esse sentimento tem um nome: ilinx. Em outras palavras, é quando a pessoa tem uma excitação de ver algum objeto sendo destruído.

3. Esprit d’Escalier

Muitas pessoas já devem ter passado por uma situação que seria perfeitamente descrita pela palavra acima. Quando alguém está em uma discussão, com os nervos exaltados, falando palavrões e bastante irritado não consegue pensar com clareza nas coisas. Contudo, logo depois de deixar o local da briga, um dos envolvidos elabora um argumento perfeito para a discussão, mas é tarde demais. Esse sentimento desesperador é descrito pela palavra francesa Esprit d’Escalier.

Fonte  The Book Of Human Emotions (O Livro das Emoções Humanas), de Tiffany Watt Smith