Sem tempo para os filhos? Saiba quais são os desafios da mãe moderna!

Você é uma mãe moderna, daquelas que trabalha o dia todo? Saiba como se livrar da culpa e ser feliz ao lado de sua família!

None
Aproveite os momentos de folga para ficar ao lado de seu filho | Foto: Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 25/05/2017 às 10:18
Atualizado às 12:53

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Se você leva uma vida atribulada e acredita que não tem tempo para ficar com seus filhos, saiba que o primeiro passo é se livrar da culpa. “Ao assumir os papéis que deseja, a primeira coisa que a mulher precisar fazer é se livrar da culpa, porque ela só atrapalha. É preciso compreender que não há perfeição na maternidade”, explica a psicanalista e psicoterapeuta Mônica Pessanha, que ensina você a ser uma mãe moderna e sem neura!

Desafios da mãe moderna

“Sem dúvida, as mulheres atribuíram mais tarefas em suas agendas. Elas adquiriram independência financeira e estão empreendendo muito suas competências profissionais. Achar o equilíbrio é sempre um grande desafio, principalmente quando tiverem que combinar a maternidade com a carreira profissional”, explica Mônica. Assim, quando decidem assumir o papel de profissional e mãe, algumas culpas vem à tona, como a falta de tempo para ficar com o filho, o cansaço pelas horas de trabalho e em casa, a necessidade de se ausentar em momentos importantes por conta de compromissos profissionais etc.

mãe tirando o fone de ouvido da filha

O diálogo é sempre a melhor forma de se aproximar dos filhos | FOTO: Shutterstock

Mãe moderna, livre-se da culpa!

“É importante pontuar que, se estiverem em casa, as mães devem realmente estar em casa, reservando tempo para cada afazer no lar e, principalmente, estarem disponíveis para os filhos”, orienta a psicanalista, que reforça que a disposição de ficar com filhos ameniza o sentimento de culpa. Por isso, é importante focar na qualidade do tempo, sem se esquecer da quantidade. “Os filhos precisam da mãe para acolher suas angústias, medos, frustrações e alegrias, e isso só é possível quando estamos muitas vezes com eles, percebendo suas ações e reações a vida”, orienta. A dica é organizar o tempo e, assim, conseguir dar atenção na medida certa, sem se esgotar psicologicamente. “Algumas mães se torturam pensando que estão erradas por não conseguirem fazer tudo que estava programando no dia. Não há necessidade disso. As mães precisam entender que, às vezes, precisam desfrutar, ou seja, aconteça o que acontecer, tudo que ocorre no nosso dia a dia são oportunidades para mostrar aos seus filhos o quanto eles são bem-vindos na sua vida”, pontua.

Cuidado com os presentes

“Alguns pais caem na armadilha de compensar os filhos com bens materiais para suprir a falta de tempo. O fato é que as crianças não precisam exclusivamente do que podemos dar usando o dinheiro, elas precisam que estejamos lá sendo amorosos, simpáticos e, em alguns momentos, antipáticos”, orienta Mônica, que sugere 20 minutos diários de aconchego para os pequenos. “Esse tempo pode fazer milagre em uma criança que se sinta incompreendida. Vale pontuar que, às vezes, o comportamento inadequado é um caminho para a criança ser percebida. Os pais precisam entender o quanto é importante desligar os smartphones, as televisões e ter sua atenção voltada para os pequenos, mesmo por um curto período de tempo”, explica.

E quando eles crescem?

“A melhor forma de prevenir os problemas que podem surgir na adolescência é conversar com os filhos desde cedo. É importante conhecer os amigos, trazê-los para dentro de casa, perceber como se comportam quando estão juntos. Cabe aos pais serem sensatos para distinguirem o que de fato é verdadeiro e não traz risco ao adolescente”, finaliza.

LEIA TAMBÉM:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.