Connect with us

O que você está procurando?

Alto Astral
Engana-se quem pensa que apenas a alimentação incorreta e a prática de demais hábitos pouco saudáveis são responsáveis por prejudicar a saúde.
- Foto Vinicius Tupinamba / Shutterstock.com

Saúde mental e sistema imunológico: entenda a relação!

Engana-se quem pensa que apenas a alimentação incorreta e a prática de demais hábitos pouco saudáveis são responsáveis por prejudicar a saúde.

[PAGE TITLE]

Engana-se quem pensa que apenas a alimentação incorreta e a prática de demais hábitos pouco saudáveis são responsáveis por prejudicar a imunidade. Estresse, ansiedade e outros distúrbios psicológicos também têm sua parcela de culpa quando a imunidade não está em alta.

homem com a cabeça baixa

Foto Vinicius Tupinamba / Shutterstock.com

 

Controlando as emoções!

Fatores psicológicos influenciam em vários aspectos da saúde. Por isso, para quem está com os nervos à flor da pele é necessário adotar algumas medidas. “As interações entre o cérebro e o sistema imunológico confirmam a estreita relação entre emoções e o ecossistema de defesa, e esta relação ocorre de duas formas: o cérebro influencia as reações do sistema imunológico e os anticorpos afetam as atividades cerebrais”, afirma a terapeuta e coach Erica Aidar.

Top 5: imunidade em alta

Segundo a terapeuta, algumas atitudes simples podem ser tomadas para que o sistema imunológico aja com total eficiência. Essas ações são práticas, promovem o bem-estar da mente e influenciam na saúde do corpo. “Maus hábitos como falta de exercícios físicos, isolamento social, tristeza, desconfiança, por exemplos, podem e devem ser substituídos por uma rotina saudável de exercícios, a busca por contatos sociais agradáveis e atividades que gerem prazer”, garante a terapeuta. Confira 5 ideias de como levar a vida de uma forma mais leve!

casal

Foto Shutterstock.com

 

1 – Agradeça: seja grato. Acostume-se a listar mentalmente os acontecimentos, sentimentos e sensações positivas presentes em sua vida.

2 – Abrace mais: o contato íntimo com outro ser humano disposto a trocar afeto e prazer é um santo remédio
para desestressar e relaxar.

3 – Não leve a vida tão a sério: seja leve e releve. Se os problemas estão em um nível o qual não dá mais para aguentar, procure um psicólogo.

4 – Tenha um bichinho de estimação: o contato direto com esses companheiros é uma atividade que estimula a mente, traz prazer e mais alegria para a rotina.

5 – Ouça músicas: além de ser uma atividade estimulante, ter especiarias fresquinhas sempre à mão para fazer chás ou usar como temperos traz praticidade ao dia a dia.

 

Saiba mais:

Contra o estresse: remédio ou opções alternativas?

Como o cérebro age nas nossas emoções

Ansiedade pode ser sinal de outros transtornos

Consultoria Erica Aidar, terapeuta e coach

Advertisement
Advertisement

Mais notícias interessantes como essa

Estilo de vida

Água é essencial para manter o equilibro de todas as funções do corpo. Portanto é importante que você beba, inclusive quando não sente sede.

Estilo de vida

Com o envelhecimento, é natural que problemas de saúde apareçam, Mas, mantendo o cérebro ativo, é possível contornar algumas dificuldades

Estilo de vida

Quem não gosta de academia não tem mais desculpas! Confira 6 sugestões de atividades prazerosas e escolha a que mais combina com você.

Estilo de vida

Alguns alimentos sozinhos são responsáveis por inúmeras vantagens para a saúde do corpo. Então quando combinados, esses benefícios são turbinados!

Estilo de vida

Alguns hábitos podem influenciar o bom funcionamento intestinal e acabar com os incômodos do intestino preso. Confira 5 dicas e aposte nelas!

Estilo de vida

O pensamento positivo tem um importante papel no combate à depressão. Veja como seu cérebro pode ajudar a superar o distúrbio.

Estilo de vida

Com alguns minutos por dia, você pode transformar seu quintal e varanda em uma bela horta! Assim, você garante alimentos sempre frescos. Confira!

Estilo de vida

Alguns alimentos são tão saborosos que dá vontade de comer todos os dias. Mas, na maioria dos casos, eles prejudicam o organismo. Saiba quais são!