Saladas: confira os benefícios desse prato para todas as idades!

Descubra quais alimentos das saladas são mais indicados para a sua idade e dê adeus aos males que atrapalham a nossa vida: TPM, ansiedade e menopausa

None
Foto: iStock.com/Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 19/12/2016 às 18:33
Atualizado às 12:32

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Cada fase da vida necessita de uma alimentação especial. Seja na juventude ou na maturidade, os alimentos que consumimos são determinantes para dias mais agradáveis e o fim de algumas doenças. Para ajudar você a cuidar da saúde e ainda, manter a boa forma, a nutricionista Márcia Loureiro, de Campinas, detalhou quais alimentos das saladas são mais indicados para consumir em cada idade. Confira:

prato de saladas temperadas com azeite

Foto: iStock.com/Getty Images

Saladas aos 20 anos

Para aliviar a tensão pré- menstrual (TPM), a alimentação é fundamental! Sintomas como dor nas pernas, inchaço, dor de cabeça e nos seios podem ser resultados, principalmente, da deficiência de vitaminas e minerais como cálcio, magnésio e vitamina B6 (piridoxina). A alimentação saudável repõe esses minerais e vitaminas através do consumo de frutas, verduras e legumes, aliviando os sintomas. “Folhas verdes-escuras como a couve, que são ricas nos três nutrientes mais importantes para esse período (cálcio, magnésio e a vitamina B6), devem ter seu consumo aumentado, podendo ser utilizada em saladas e sucos batidos com frutas”, ensina Márcia.

Saladas aos 30 anos

A ansiedade, muito comum nessa idade, também pode ser aliviada com a alimentação. Prefira alimentos ricos em triptofano – aminoácido precursor da serotonina que atua no sistema neural. São eles: leite e iogurte desnatado, queijo branco, nozes, banana, batata, feijão, lentilha, abacate, soja, laranja, uva e maçã. O espinafre também é uma excelente escolha, pois contém ácido fólico que é uma potente vitamina antidepressiva natural. “Ele combate a ansiedade, pois o ácido fólico em baixa concentração no organismo também diminui os níveis cerebrais de serotonina”, diz Loureiro.

Saladas aos 40 anos

Os grãos, os cereais integrais, as frutas e as hortaliças são excelentes fontes de nutrientes que podem auxiliar no tratamento de um mal comum nesta idade: a menopausa! “A ingestão de alimentos ricos em vitamina E, C e D3, zinco, cálcio, acido fólico, magnésio, selênio e carboidratos integrais, proteínas de alto valor biológico, ameniza as causas decorrentes dos déficits hormonais de estrógenos e progesterona”, explica a nutricionista. Ou seja, nesta fase é importante o consumo de frutas cítricas, pois são ricas em vitaminas C e são importantes para a síntese dos hormônios ovarianos. Além disso, a menopausa está associada à osteoporose, portanto, alimentar-se de vegetais verdes e alimentos fortificados com cálcio é essencial para a garantia da saúde da massa óssea.

Saladas aos 50 anos

Nessa fase, vale apostar nos alimentos antioxidantes, que previnem o câncer e o envelhecimento precoce. Os alimentos coloridos transformam o prato em um conjunto incrível de compostos antioxidantes, com vitaminas e minerais que o corpo precisa para combater o excesso de radicais livres. Nos alimentos de coloração roxa (beterraba, repolho roxo, alface roxa) é possível encontrar antocianinas, um antioxidante que combate doenças cardiovasculares e câncer. Já os de coloração verde (folhas verdes) contêm luteína e zeaxantina, que previnem o câncer de cólon. Os vermelhos (tomate, melancia, morango) são ricos em licopeno, poderoso antioxidante que atua na diminuição dos riscos de tumores de próstata e pulmões.

Texto: Redação Alto Astral | Consultoria: Márcia Loureiro, nutricionista da Clínica Life, Campinas (SP), www.clinicalifesp.com.br

LEIA TAMBÉM