ESTILO DE VIDA

Rotina estressante? Saiba como se recuperar

Uma rotina corrida pode facilitar o aparecimento de patologias que prejudicam tanto psicologicamente quanto fisicamente. Veja como prevenir o estresse

None
FOTO; Shutterstock Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 04/08/2016 às 19:13
Atualizado às 21:02

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Acordar cedo, tomar café da manhã correndo, levar e buscar os filhos na escola e, finalmente, chegar em casa depois de um dia cansativo é a rotina de muitas pessoas hoje em dia. E uma rotina como essa pode ser um fator determinante para o desenvolvimento de distúrbios mentais.

Por isso, é sempre importante buscar atividades para prevenir ou combater sintomas de estresse e ansiedade. Abaixo, confira algumas dicas:

Saia da rotina com 5 atividades relaxantes!

1. Meditação
É um dos métodos mais eficazes e recomendados para induzir ao relaxamento na rotina. O melhor de tudo é que nem sempre é necessário procurar um estúdio especializado na técnica para praticá-la. Com uma roupa leve e um ambiente tranquilo, silencioso e aconchegante, já é possível começar a meditar.

O exercício requer um grande auxílio da respiração, que deve ser calma e controlada. Também é possível fazer o uso de alguns artefatos que possam auxiliar a relaxar, tais como incensos e velas aromáticas. Nem sempre é possível deixar a mente completamente vazia. Porém, com treino, logo a prática se torna cada vez mais eficaz, ajudando a liberar a tensão da rotina.

rotina mulher meditando

FOTO: Shutterstock Images

2. Pilates

Desde que não haja nenhuma contraindicação médica, qualquer pessoa é livre para realizar a prática, desde crianças acima de 7 anos de idade até idosos.

“O pilates aperfeiçoa a respiração e potencializa a capacidade respiratória. A execução de todos os exercícios é realizada em sincronia com a respiração, dando uma melhor qualidade ao movimento e acalmando o aluno. Além de ser um exercício físico, é um exercício mental, tendo como objetivo principal trabalhar o corpo associado à mente”, explica o fisioterapeuta e professor de pilates Vinicius Zacarias.

3. Artes plásticas
A técnica ajuda a esquecer os problemas da rotina, já que propicia um relaxamento da mente. Também é possível explorar a criatividade, o que estimula o bom funcionamento do cérebro. Procurar um curso é um ótimo passo para começar e se aperfeiçoar.

4. Risoterapia
O método parte do pressuposto de que estimular o riso em um paciente pode trazer diversos benefícios a um tratamento convencional. Ao rir, o corpo produz endorfina, uma substância responsável pela sensação de bem-estar.

Além disso, o fluxo de ar que circula pelos pulmões aumenta e a batida do coração ganha ritmo mais acelerado. Essa terapia é recomendada para tratar depressão, estresse, fobias e outras doenças de fundo emocional.

5. Radiestesia e radiônica
Essa ciência prega que tudo que existe no universo, incluindo o ser humano, emite um tipo de energia. Com o auxílio de um mapa do corpo, o radiestesista mede e identifica com precisão as áreas com desequilíbrio energético e, com essas informações, sugere o tratamento mais adequado. A técnica é indicada para tratar estresse, depressão, ansiedade, problemas psicológicos, fobias, entre outros.

Leia também:

Meditação no trabalho: é possível. Confira dicas!

Aprenda a superar a ansiedade

Como as emoções interferem na sua saúde

Texto: Paula Santana – Edição: Giovane Rocha

Consultorias: Vinicius Zacarias, fisioterapeuta e professor de pilates