ESTILO DE VIDA

Rinite alérgica e fatores emocionais podem estar relacionados?

Coriza, espirro e tosse: esses podem ser três de diversos sintomas das doenças respiratórias. Elas são causadas por muitos motivos e uma pergunta que ronda essa questão é: será que rinite alérgica e fatores emocionais têm ligação? Por isso, a seguir, esclarecemos algumas das possíveis dúvidas!

None
De acordo com a Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI), cerca de 26% das crianças e 30% dos adolescentes brasileiros sofrem de rinite, sendo preciso ficar atento aos cuidados necessários. FOTO: Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 10/10/2018 às 11:00
Atualizado às 17:10

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Normalmente associada ao outono ou ao inverno, a rinite alérgica ou outras doenças respiratórias podem aparecer em qualquer mês do ano. Infelizmente, não tem cura, mas pode ser controlada com tratamento e cuidados adequados. “Tanto a asma quanto a rinite alérgica têm mecanismos parecidos: são decorrentes de inflamação da mucosa por alergia a algum produto ou substância”, explica o otorrino Fausto Nakandakari. E um problema que acomete tantas pessoas e causa diversos incômodos, com certeza, gera muitas dúvidas como: rinite alérgica e fatores emocionais podem estar relacionados?

Texto: Rebecca Crepaldi/Colaboradora | Consultoria: Fausto Nakandakari, otorrino do Hospital Sírio Libanês, especialista em otorrinolaringologia pela Associação Médica Brasileira (AMB) e Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cervico Facial (ABORL-CCF), além de especialização em laringe e voz pelo Hospital das Clínicas de São Paulo

LEIA TAMBÉM: