ESTILO DE VIDA

Reumatismo: saiba o que causa dor nas articulações

O reumatismo pode englobar inúmeras doenças, como lúpus, artrite e artrose. Cada uma apresenta características próprias e causam incômodos.

None
FOTO: iStock e Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 08/09/2016 às 19:03
Atualizado às 20:57

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Há quem pense que o reumatismo é uma doença. Na verdade, é mais ou menos isso. É que esse termo designa uma série de enfermidades, as quais apresentam algumas características semelhantes e outras bem distintas. “Esse é um termo que é usado para qualquer doença ou condição que provoque dor nas articulações, nos ossos, nos músculos e no sistema osteoarticular de uma maneira geral. Quando falamos das doenças reumáticas, estamos falando de mais de 100 doenças diferentes”, explica o reumatologista Ari Halpern.

O reumatismo causa dor nas articulações

FOTO: Shutterstock

Existe prevenção?

Alguns hábitos são capazes de amenizar os sintomas das doenças e retardar o seu aparecimento, contudo, o reumatismo não apresenta cura. O indivíduo que vai desenvolver reumatismo apresenta um padrão genético que vai favorecer o aparecimento do problema. Ou seja, se a pessoa nasceu com uma carga genética capaz de estimular o surgimento da artrite, por exemplo, passado alguns anos essa doença vai surgir, uma vez que ainda não existe meios na medicina para evitar essa situação.

SAIBA MAIS:

Conheça os principais sintomas da artrose

Tire suas dúvidas sobre a osteoporose

10 cuidados que você deve ter com a saúde antes dos 40 anos

Principais doenças

Artrite: considerada um problema autoimune, é decorrente de complicações do próprio organismo, ou seja, o sistema imunológico passa a atacar a si mesmo, fator que inflama as juntas e, inclusive, compromete a saúde de outras áreas do corpo. Dessa forma, ela é considerada uma designação genérica de várias enfermidades que podem causar dor e inflamação nas articulações.

Artrose: é caracterizada por desgastar a cartilagem quem nutre os ossos – para que não ocorra atrito entre eles. “A artrose é a doença articular mais frequente que existe e sua prevalência aumenta conforme o envelhecimento. Algumas formas de artrose (como a artrose de mãos) tem um componente genético de predisposição. Já a artrose de joelhos está muito relacionada à obesidade e ao sedentarismo”, esclarece o reumatologista.

Dor nos ombros é recorrente em pessoas com reumatismo

FOTO: iStock e Getty Images

Fibromialgia: pode ser caracterizada como uma condição generalizada, crônica e dolorosa, ou seja, é uma dor capaz de atingir várias regiões do corpo, principalmente os tendões e as articulações.

Lúpus: pode ser definido como uma doença inflamatória que pode atingir todos os órgãos ou tecidos do corpo, sendo mais frequentemente detectado na pele, nas articulações, nos rins, nos pulmões e no sistema nervoso. Quando a pessoa apresenta esse quadro, é comum que desenvolva manchas nas áreas da pele que são expostas ao sol, febre, cansaço e, claro, inflamações em pequenas articulações do corpo.

Osteoporose: é uma doença silenciosa, não tem sintomas e não dói. Uma de suas consequências é a fratura vertebral sem trauma, espontânea, silenciosa, que encurta a coluna do paciente, levando-o a ficar com menos altura. Outra são as fraturas de colo de fêmur, levando a pessoa à cama e, por este motivo (o repouso, não a fratura), acabando por aumentar o índice de mortalidade.

Consultoria Ari Halpern, reumatologista