Raiva animal: aprenda a cuidar corretamente do seu cão!

A raiva animal pode levar seu bichinho ao óbito. Saiba como prevenir seu cachorrinho dessa enfermidade e cuide da saúde do seu pet!

None
A prevenção é a melhor maneira de prevenir a raiva animal | FOTO: Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 01/03/2018 às 12:44
Atualizado às 13:52

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Os recentes casos de raiva animal registrados em animais domésticos e rebanhos localizados nas regiões Nordeste
e Sudeste reacenderam na população o temor de uma epidemia da doença. Nos municípios de Palmeira de Goiás (GO) e Itararé (SP) foram registrados casos de raiva bovina. Já em Recife (PE), foram notificados casos de raiva canina, um deles ocasionando a morte de uma mulher.

Prevenção da raiva animal

Como forma de conter o avanço, centros de zoonoses estão antecipando as campanhas de imunização de animais domésticos. Porém, o corte de verbas pode prejudicar a eficácia destas ações, já que a quantidade de insumos adquiridos pode não ser suficiente para atender essa demanda. É importante destacar que não são realizadas ações semelhantes para evitar a doença em humanos, uma vez que a aplicação do medicamento é feita apenas em casos de mordidas de animais, como cães, gatos e morcegos.

Vacina

A vacina contra a raiva, que tem como foco barrar a evolução da doença em humanos, é produzida por meio livre de soro e desenvolvida pela Fundação Butantan. Utilizada para impedir o avanço da doença em pessoas que tenham sido mordidas ou arranhadas por animais contaminados, a vacina desenvolvida pelo instituto trouxe como diferencial a diminuição dos efeitos colaterais causados por sua utilização, pois os produtos utilizados anteriormente chegavam a apresentar graves reações, como encefalites ouneuroparalisias.

LEIA TAMBÉM: