Saiba o que fazer ao torcer o tornozelo

Pisar em falso pode levar à torção do tornozelo. Saiba o que fazer ao sofrer esse tipo de lesão e a que profissional recorrer para pedir ajuda

None
Imagem: Shutterstock Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 31/08/2016 às 15:34
Atualizado às 11:33

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Ao caminhar ou fazer exercícios físicos pode ocorrer a torção do tornozelo. Saiba como o que fazer para amenizar o problema.

Primeiros socorros

No caso de entorse do tornozelo, em um primeiro momento, o ideal é aplicar gelo (evitando o contato direto com a pele) e elevar o pé para reduzir os efeitos primários da lesão como edema, coloração vermelha, calor e dor, explica a fisioterapeuta Tayla Perosso de Souza. “Em seguida, é indicado passar por um ortopedista a fim de avaliar a gravidade da lesão e se há necessidade de imobilização ou encaminhamento para fisioterapia”, complementa.

Tornozelo saudável

A principal disfunção em caso de entorse é a instabilidade do tornozelo que prejudica a pisada. Dependendo da gravidade, devem ser feitos exames de raio-x para afastar a possibilidade de fratura. Segundo o ortopedista Everaldo Vasconcelos, em “entorse moderada ou grave, deve ser feita imobilização por período variável, de acordo com a gravidade, e fisioterapia subsequente para retorno da função. Em alguns casos, que resultam em instabilidade do tornozelo, pode ser necessário o tratamento cirúrgico, mas isso é exceção”.

Outra queixa frequente são as câimbras. Elas podem ser sinais de falta de preparo muscular, de circulação adequada ou ainda por deficiência mineral (no caso, do potássio). “A causa deve ser investigada. Mas, um bom alongamento e aquecimento, antes e depois da prática esportiva, associado a uma adequada ingestão de alimentos faz parte da prevenção”, aconselha o ortopedista Adalto Lima.

Homem, Torção no tornozelo, quebrado, dores

Imagem: Shutterstock Images

Todo cuidado é pouco

As lesões em músculos e articulações são causadas por um trauma direto ou pela alteração biomecânica ou de postura do corpo humano. “Excluindo as lesões por trauma direto, as demais geralmente têm uma alteração que inicia nos pés. Por isso, se uma pessoa com lesão não se preocupar em usar o calçado ideal, ela poderá sobrecarregar o corpo e agravar a lesão progressivamente”, explica a fisioterapeuta Tayla Perosso de Souza.

Dessa maneira, é preciso escolher o tênis certo para ajudar a amenizar as dores que podem surgir nos tornozelos, nos joelhos ou nas costas. Quem sofre de alguma dor deve ter cuidado especial com o calçado, pois “dependendo da lesão e tipologia, o tênis adequado e até a inclusão de palmilhas são necessários”, acrescenta Fernanda Mexas, coordenadora do curso de Fisioterapia do Centro Universitário Celso Lisboa.

Saiba mais!

Você conhece todas as partes do seu tênis?

Correr faz bem para o cérebro e o corpo

A importância das meias ao utilizar um calçado

Consultoria: Adalto Lima, chefe de ortopedia do Hospital Badim (RJ); Everaldo Vasconcelos, mestre em ortopedia e membro titular da Sociedade Brasileira de Ortopedia; Fabio Ravaglia, cirurgião ortopedista e traumatologista; Fernanda Mexas, coordenadora de fisioterapia do Centro Universitário Celso Lisboa (SP); José Ribamar Moreno, diretor médico do Centro de Tratamento Intensivo da Dor (RJ); Mauricio Ferreira, fisioterapeuta da Fluyr Saudável – Clínica de Combate à Dor; Tayla Perosso de Souza, mestra em ciências da saúde e especialista em reabilitação aplicada ao esporte.

Texto: Érica Aguiar – Edição: Natália Negretti