Pular corda é um exercício barato, fácil e pode ser feito sem sair de casa

Quem deseja perder peso de forma divertida, pode começar a pular corda! A atividade favorece o emagrecimento, é simples e beneficia todo o corpo

None
Além de emagrecer, pular corda fortalece os músculos e favorece o condicionamento físico. FOTO iStock.com/Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 28/06/2017 às 13:10
Atualizado às 13:57

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Não gostar de ir à academia é normal: nem todo mundo se sente bem em malhar na frente de mais pessoas e alguns não têm tempo para se deslocar até o local. Mas isso não é desculpa para não praticar exercícios físicos. Afinal, existem várias atividades que podem ser praticadas sem sair de casa e, o melhor: sem gastar muito dinheiro. Pular corda é uma delas!

Simples, barato e eficiente

Basta ter um lugar espaçoso na casa, uma corda e colocar um tênis confortável. O exercício serve para emagrecer e melhorar o condicionamento físico. “Como qualquer atividade cardiorrespiratória, tem-se um aumento do bem-estar provocado por uma liberação hormonal (de endorfina), alto gasto calórico, melhoria dos níveis de colesterol e glicemia, redução da pressão arterial…”, afirma o professor de educação física Marcus Mattos.

Antes de começar a pular corda

É preciso se certificar de que a pressão arterial está controlada. Também é necessário conhecer a frequência cardíaca máxima a ser atingida. Assim, um indivíduo de 25 anos não deve ultrapassar os 195 batimentos cardíacos por minuto, por exemplo. O ideal, na verdade, é ficar entre 65 e 85% da frequência máxima e usar um frequencímetro para controlar os batimentos. A atividade também é contraindicada para quem tem problemas nas articulações ou lesões nos ossos ou músculos.

Pular corda é uma atividade simples e proporciona alta queima calórica.

Pular corda é uma atividade simples e proporciona alta queima calórica. FOTO Shutterstock

Bom treino!

Gasto calórico: entre 280 e 420kcal em 30 minutos. Comece com 10 minutos, três vezes por semana, intercalando 2 minutos de exercício com 1 minuto de descanso. Na próxima semana, aumente para quatro vezes e 20 minutos. Na terceira semana, o treino deve ser feito todos os dias, durante 15 minutos pelo menos.

Consultoria Marcus Mattos, professor de educação física

LEIA TAMBÉM:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.