Psicoterapia: o que a técnica pode fazer por você!

A psicoterapia é um atendimento feito pelo psicólogo, com o objetivo de tratar as mais profundas questões pessoais. Saiba mais!

None
FOTO: Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 11/08/2016 às 18:15
Atualizado às 11:29

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

A psicoterapia é um atendimento feito por psicólogo com o objetivo de tratar questões pessoais, como problemas emocionais, dificuldades em um relacionamento ou para transtornos psicológicos. “As causas mais comuns dos desequilíbrios emocionais que provocam depressão, ansiedade, oscilações de humor e distúrbios de comportamento aparecem em momentos específicos na vida do indivíduo (ou até mesmo em existências passadas) através de traumas, frustrações, inseguranças familiares e atitudes comportamentais equivocadas, que geram memórias emocionais. Consequentemente, crenças limitadoras, medos e bloqueios, que ficam armazenadas no inconsciente, manifestam-se no comportamento e nas emoções“, salienta a terapeuta do Instituto Saúde e Equilíbrio, de Ribeirão Preto (SP), Cristiane Mariano.

psicoterapia-cura-emocional-ajuda

FOTO: Shutterstock

Saiba mais!

Dicas para uma casamento feliz na terceira idade

Os diferentes tipos de depressão

As vantagens da aromaterapia

Que tal marcar uma sessão?

Nas sessões de psicoterapia, o ideal é se abrir para o psicólogo e tentar absorver o máximo o aprendizado do divã. Com o tempo, o autoconhecimento melhora e a seleção de pensamentos e afazeres torna-se possível, descartando o que não é necessário no dia a dia e que pode resultar em sensações desagradáveis.

“O mais importante é sabermos respeitar nossos limites. Ficarmos atentos aos sinais que corpo e mente enviam quando já não estão funcionando bem. Esquecimentos, irritaçõesexageradas, tristezas, sentimentosde vazio e psicossomatizações são sintomas de que é hora de parar e se cuidar. Assim, é sempre bom evitar adquirir responsabilidades que não aguentaremos depois, não sermos orgulhosos e centralizadores, sabendo delegar funções, reservar momentos da rotina para cuidarmos da mente e do corpo e viver em ambientes agradáveis como grupos de famílias e amigos”, recomenda a psicóloga Marina Delduca Cilino.

Consultoria Cristiane Mariano, terapeuta do Instituto Saúde e Equilíbrio, de Ribeirão Preto (SP); Marina Delduca Cilino, psicóloga

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.