ESTILO DE VIDA

Ciência: existem problemas psicológicos decorrentes do uso de maconha?

A droga funciona como uma espécie de automedicação, pois a pessoa experimenta a droga e sente um alívio para sua dor psíquica

None
FOTO: Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 18/08/2016 às 17:55
Atualizado às 21:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

De acordo com a psiquiatra e psicanalista Helena Masseo, sim, todos os dependentes químicos têm condições psicológico-psiquiátricos. A psiquiatra afirma que ninguém se torna dependente químico porque quer. A droga funciona como uma espécie de automedicação, pois o paciente experimenta a droga e sente um alívio para sua dor psíquica, que provavelmente não sabia poder ser minimizada. Aí a usa de novo, e experimenta o mesmo alívio. E cada vez, se repete. Com isso, a pessoa pode desenvolver o hábito de usar a droga diariamente, acarretando em dependência química.

maconha drogas problemas psicológicos

FOTO: Shutterstock

No caso da maconha, os problemas mais comuns que costumam ser automedicados com a droga são o transtorno de ansiedade, depressivos, compulsivos, bipolar. Em alguns casos de esquizofrenia, quando a doença ainda está no princípio, o paciente pode demonstrar muita ansiedade, sintoma que a maconha pode aliviar. Porém, Helena explica que como as drogas não tratam essas doenças, esses pacientes começam a somatizar os sintomas do transtorno anterior, que pode se agravar, com os da dependência química. Quando for levado para tratamento, o paciente terá que cuidar das duas doenças, e se o transtorno original não for tratado, o paciente não conseguirá abandonar o uso das drogas.

SAIBA MAIS

Como a maconha afeta o cérebro adolescente?

Álcool em excesso pode prejudicar memória de jovens

Texto: Redação Consultoria: Helena Masseo, psiquiatra e psicanalista