Primeiros testes: cuidados com o bebê

Confira quais são os exames feitos nos primeiros dias de vida do bebê

None
FOTO: iStock.com/Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 12/08/2016 às 13:40
Atualizado às 13:10

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Por meio de exames simples, é possível detectar e prevenir doenças em bebês ainda no parto. Mais que um procedimento de rotina, os primeiros testes feitos nos recém-nascidos são capazes de identificar doenças graves e tratá-las precocemente. “O primeiro passo é levar o recém-nascido a uma fonte de calor, onde serão aspiradas as secreções das vias respiratórias e a sua frequência cardíaca será avaliada”, descreve o pediatra Roger Brock.

O primeiros exames são essenciais para prevenir doenças

FOTO: iStock.com/Getty Images

Visão perfeita com o Teste do Reflexo Vermelho

O Exame do Reflexo Vermelho tem como objetivo principal verificar se o pequeno nasceu com algum problema grave de visão. Distúrbios como a catarata, o glaucoma e a retinopatia podem levá-lo até a uma perda de visão em um curto espaço de tempo. Assim, a única saída para driblar esse mal é detectar as enfermidades rapidinho e iniciar um tratamento logo nos primeiros meses de vida. Através de uma “lanterninha”, o médico joga uma fonte de luz sobre a pupila do bebê para visualizar a sua retina. “Quando normal, a retina possui uma coloração alaranjada ou vermelha”, explica o pediatra.

De olho no pezinho

O Exame de Triagem Neonatal, mais conhecido como Teste do Pezinho, serve para identificar a presença de doenças que podem gerar problemas neurológicos no bebê. O exame ganhou esse nome porque é feito a partir da análise de uma gota de sangue colhida do calcanhar do pequeno. “Ele não previne nenhuma doença, mas ajuda a detectar alterações metabólicas, doenças hereditárias e até infecções”, diz o médico. “E quanto mais rápido forem diagnosticadas, melhor será o tratamento”, explica o médico. O Teste do Pezinho deve ser realizado a partir de 48 horas após a primeira alimentação do bebê.

Teste do ouvidinho: tem que fazer!

Conhecida popularmente como Exame do Ouvidinho, a avaliação audiométrica é feita no segundo ou terceiro dia de vida do bebê. Sua função primordial não é prevenir alguma doença, mas identificar se o bebê já nasceu com algum tipo de problema auditivo. Segundo Roger Brock, há pelo menos um caso de surdez para cada 500 nascimentos. “Há situações em que a falta de comunicação do bebê pode levar os pais a acreditarem que ele apresenta algum distúrbio mental, quando, na verdade, a criança não escuta”, comenta o pediatra.

Nota 10 para o teste de Apgar

Um minuto. Esse é o tempo de vida necessário para que o bebê seja submetido ao Teste de Apgar. Em linhas gerais, o exame avalia as condições vitais do pequeno através da atribuição de uma nota de 0 a 2 para as seguintes características: batimentos cardíacos, cor da pele, respiração e intensidade do choro, tônus muscular e resposta a estímulos. Assim como na escolinha, quanto mais alta for a nota do bebê, melhor será a sua saúde. Nesse caso, a “média” final é a nota 7. O exame ainda deve ser refeito após 5 minutos da primeira amostragem.

Consultoria: Roger Brock, pediatra e neonatologista

Matéria publicada na revista Guia do Bebê Fisher Price, da Editora Alto Astral.

Revisão: Mariana Kohlrausch

SAIBA MAIS:

A escolha do pediatra: cuidados com o bebê

Homeopatia X Alopatia: cuidados com o bebê

Primeiro suquinho do bebê: quando oferecer?

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.