Faça você mesma: plante seu pé de berinjela sem agrotóxicos!

Quer comer alimentos orgânicos, mas sem gastar muito? Invista na sua própria horta de berinjela e outros legumes e passe a ter uma vida mais saudável!

None
Foto: Shutterstock Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 12/07/2016 às 15:42
Atualizado às 12:13

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Trouxemos o passo a passo completo para você plantar a berinjela – e outros legumes, como chuchu e abobrinha – na sua casa. Pode ser no quintal ou até mesmo em um vaso, caso more em apartamento! Segundo Flavia Meddeiros, empresária e especialista em nutrição funcional, para plantar no jardim é preciso verificar se o solo está ácido ou alcalino e isso pode ser feito por meio de um aparelho – facilmente encontrado em casas de jardinagem. “Quando o solo está ácido, ele impede que a planta assimile os nutrientes. Para corrigir o solo, basta adicionar calcário”, explica a profissional.

mulher plantando berinjela

Foto: Shutterstock Images

Ferramentas necessárias

  • Um espaço com terra adubada ou um vaso com, no mínimo, 30cm de profundidade;
  • Pá de jardinagem (de mão);
  • Muda de berinjela (pode ser encontrada em loja de produtos agrícolas);
  • Cinasita (pedrinhas de argila que servem para drenar a água);
  • Terra enriquecida com compostos orgânicos;
  • Areia;
  • Bambus ou gravetos para dar sustentação à planta.

SAIBA MAIS

MasterChef Brasil: inspire-se no programa e faça sua horta em casa!

5 dicas para incluir legumes na sua alimentação!

Entrevista: Bela Gil fala sobre alimentação orgânica!

Como plantar berinjela em casa?

Caso a plantação seja feita diretamente no chão de terra do quintal, basta cavar um pequeno buraco com a pá, colocar a muda de berinjela no centro, completar com terra e amarrar a planta a um graveto ou bambu preso na terra. No vaso, faça uma camada com as pedrinhas, depois com a areia e, por fim, coloque a terra adubada até pouco mais da metade. Depois, faça o mesmo com a muda. “O mais indicado para cultivo doméstico é adquirir mudas prontas em floriculturas ou lojas do ramo, pois facilita o trabalho e economiza tempo. As sementes não são muito recomendadas nesse caso por necessitarem de um período de germinação, ambientes ou tratamentos específicos, substrato apropriado, além de canteiros para semeadura que ocupam espaço”, explica o técnico agrícola Vinícius Henrique de Souza.

Cuidados depois de plantar

  • A muda pequena deve ser regada duas ou mais vezes ao dia, mantendo o solo sempre úmido. Para saber se a planta precisa de água basta verificar a umidade da terra com os dedos;
  •  Coloque a planta ao sol diariamente por até cinco horas;
  • Remova pragas e insetos sempre que necessário;
  • O vaso deve receber adubação com húmus de minhoca uma vez ao mês;
  • O legume estará pronto para ser colhido após três a seis meses do plantio, dependendo da variedade escolhida.

Consultoria: Flavia Meddeiros, empresária e especialista em nutrição funcional; Vinícius Henrique de Souza, técnico agrícola

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.