Quais são os benefícios do pilates na terceira idade? Confira!

Quer ganhar mais qualidade de vida quando a idade chegar? Então a dica é o pilates na terceira idade. Confira seus principais benefícios nessa fase da vida!

None
São inúmeras as doenças que podem ser prevenidas nessa fase, com a ajuda do pilates FOTO: shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 25/05/2017 às 11:00
Atualizado às 11:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

As pessoas não param para pensar, mas o envelhecimento começa logo ao nascer. Por isso, a prevenção e a preparação têm que começar cedo! Além disso, é importante que, uma vez que comece, a pessoa não pare mais e dê continuidade aos bons hábitos para sempre.

O pilates na terceira idade é super-recomendado e não tem tantas restrições. “O pilates aperfeiçoa a respiração e potencializa essa capacidade. A execução de todos os exercícios é realizada em sincronia com a respiração, proporcionando mais qualidade ao movimento e acalmando o aluno. Além de ser uma atividade física, é um exercício mental, tendo como objetivo principal trabalhar o corpo associado à mente”, explica o fisioterapeuta e professor de pilates Vinicius Zacarias.

mulher fazendo pilates

Os benefícios são de dentro para fora FOTO: Shutterstock.com

O pilates na terceira idade traz alivio da dor, principalmente as lombares, maior percepção dos movimentos, fortalecimento muscular, mais equilíbrio: esses são apenas alguns dos benefícios que o pilates oferece aos idosos, listados pela Associação Brasileira de Pilates. “Pela alta capacidade de adaptação dos exercícios e desde que bem aplicado por um profissional capacitado, o pilates é capaz de atender às necessidades dos idosos”, afirma a educadora física Suely Tambalo.

acessórios

Acessórios que não podem faltar na hora de praticar pilates FOTO: shutterstock.com

Não tem idade

Os exercícios têm níveis de dificuldade, adaptáveis ao perfil do aluno. Além disso, diversos acessórios, como bola, faixa elástica e mesmo os aparelhos específicos de pilates podem facilitar ou dar mais resistência aos movimentos. Por esses motivos, a técnica pode ser praticada por qualquer pessoa, da infância até a terceira idade. “Não existe limite de idade, porém é necessária avaliação médica prévia, assim como para qualquer outra modalidade de atividade física. O pilates na terceira idade pode ser adaptado sem problema, conforme as restrições das pessoas idosas, podendo inclusive serem utilizados para reabilitação de condições neurológicas, o que chamamos de pilates terapêutico”, revela a geriatra Milene Silva Ferreira.

menina fazendo pilates

Apesar de não ter idade, começar o pilates na infância é o mais indicado FOTO: Istock.com/Getty images

Na infância…

O pilates surge como uma opção para tirar as crianças do sedentarismo, que pode levar à obesidade, problemas de postura e diversas doenças que apareceriam só com o avançar da idade. “O pilates pode ser adaptado para crianças e adolescentes, para a modificação postural, aumento da coordenação motora, do equilíbrio e da capacidade cardiorrespiratória, auxiliando na correção de enfermidades e no condicionamento físico geral”, informa a fisioterapeuta Solaine Perini.

Texto Redação Alto Astral |  Consultoria Milene Silva Ferreira, geriatra; Suely Tambalo, educadora física; Vinicius Zacarias, fisioterapeuta e professor de pilates

Leia também:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.