Os perigos do açúcar: entenda as armadilhas ao consumir em excesso

Conheça os riscos do consumo exagerado de açúcar e descubra maneiras fáceis de substituí-lo no dia-a-dia! Veja dicas para não sentir falta!

None
FOTO: Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 16/11/2016 às 12:09
Atualizado às 11:59

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Quem nunca ficou sonhando com um pedaço de bolo ou um brigadeiro? Essa situação é normal para qualquer ser humano, mas o problema acontece quando a vontade se torna uma compulsão, sendo difícil viver sem os doces. “O vício por açúcar é uma situação em que o indivíduo têm compulsão por alimentos doces e que é impossível ficar sem eles por muito tempo”, destaca a nutróloga Luciana Carneiro. Consumir açúcar em demasia pode trazer danos à saúde inimagináveis, por isso é necessário combater o vício. Confira algumas dicas para ajudar no autocontrole!

acucar-doces

Foto: Shutterstock

Motivos para fugir do açúcar

  • Não alimenta, apenas drena e consome as vitaminas do complexo B e minerais como o cálcio, pelas exigências da sua digestão e metabolismo.
  • Quando ingerido com outros alimentos, estes ficam retidos no estômago, aumentando a atividade dos sucos gástricos que, por sua vez, aumentam a acidez estomacal.
  • O excesso do açúcar predispõe o diabetes e o aumento de gordura no sangue.
  • Causa fermentação, principalmente se ingerido como sobremesa.
  • Afeta os órgãos, pois o excesso transforma-se em gordura, predispondo à obesidade e ao depósito de gorduras no fígado, coração e rins.
  • No intestino, destrói as bactérias benéficas, aumentando a população dos parasitas intestinais, especialmente o Candida albicans, fungo que provoca candidíase.
  • Altera o equilíbrio hormonal e enfraquece os ossos, tornando o sangue ácido.
  • Deprime o sistema imunológico.
  • Inibe a produção de enzimas digestivas, interferindo na síntese e digestão de proteínas.
  • Alimenta células cancerígenas, pois a elevação da insulina faz com que fatores de crescimento semelhantes à insulina (IGF) estimulem o desenvolvimento das células cancerosas e a capacidade de invadir outros tecidos.
acucar-doces-excesso

Foto: Shutterstock

Trocas benéficas

Quando a vontade em consumir doces aumentar, o indicado é substituir alimentos com excesso de açúcar por outros mais saudáveis:

  • Troque os refrigerantes por sucos naturais que não precisam ser adoçados como laranja, mamão com acerola e melancia
  • Prefira os chocolates que contenham, pelo menos, 70% de cacau
  • Ao invés de consumir os doces industrializados, opte pelos caseiros
  • Quando puder, sempre troque os doces por frutas
  • Quando as frutas não lhe agradarem, uma boa escolha é misturá-las a gelatinas e creme de leite feito com soja
  • Quando for adoçar alguma bebida, troque o açúcar pelo mel ou adoçante à base de estévia
  • É importante ressaltar que nada em excesso faz bem ao organismo, dessa forma, o ideal é equilibrar o consumo dos alimentos
balas-acucar

Foto: Shutterstock

Para não sentir falta

Mesmo para quem está habituado ao consumo de guloseimas é possível ficar sem elas. A solução pode estar em uma reeducação alimentar. “Se essa pessoa estiver dentro de um plano de reeducação alimentar, fazendo seis refeições ao dia, ingerindo carboidratos complexos a cada três horas e todos os outros alimentos da pirâmide alimentar, dificilmente sentirá algum desconforto em relação à falta de doces”, pontua Luciana. O mesmo não acontece com pessoas que adotam as famosas “dietas milagrosas”. Estas sim podem sentir muita falta dos doces na alimentação.

Texto: Redação Alto Astral
Consultoria: Luciana Carneiro, nutróloga e Paula Castilho, nutricionista

LEIA MAIS

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.