ESTILO DE VIDA

Adquira mais condicionamento e perca peso com atividades aquáticas!

Você não tem paciência, tempo ou disposição para se exercitar? Que tal apostar nas atividades aquáticas para se divertir e perder peso ao mesmo tempo?

None
Foto: iStock.com/GettyImages

por Redação Alto Astral
Publicado em 26/01/2017 às 19:35
Atualizado às 15:05

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

O emagrecimento saudável só ocorre quando gastamos mais energia do que a quantidade calórica consumida nos alimentos. Por isso, nada de ficar em casa parada esperando a dieta fazer efeito. As atividades aquáticas oferecem, além da perda de peso, menos impacto nas articulações, melhorias no condicionamento cardiorrespiratório, mais força, flexibilidade e resistência muscular. É o que garante a consultora em exercícios aquáticos e personal trainer Roxana Brasil. “Outro aspecto importante de se ‘malhar’ na água é a percepção de menor esforço, isto é, a intensidade do exercício é tão alta quanto se fosse realizado em terra, entretanto, o indivíduo sente que está se esforçando menos”, afirma.

Atividades aquáticas

Foto: iStock.com/Getty Images

Perca peso com prazer!

É importante se sentir bem ao fazer atividades físicas. No meio aquático isso é muito fácil, pois estar dentro de uma piscina relaxa e massageia o corpo, sem contar que a sensação de diminuição do peso corporal causa menos estresse nas articulações. A personal trainer menciona ainda outra vantagem: a sensação de frescor que a água proporciona. Além disso, o contato com a água facilita a circulação sanguínea, reduzindo o inchaço e auxiliando a perda de peso. Segundo Roxana, atividades aquáticas possuem poucas contraindicações, somente quando existe hipersensibilidade aos produtos de limpeza da piscina, problemas de regulação da temperatura corporal, fobia de água e tímpano perfurado. Outro cuidado especial é com a hidratação da pele e do cabelo, já que o cloro resseca essas partes do corpo.

Oriente-se

A personal trainer recomenda fazer uma avaliação com um profissional, que vai ajudar na escolha de uma prática que atenda às suas expectativas e respeite suas limitações. “Nos dias atuais, são mais de 1200 aulas catalogadas”, comenta Roxana. Ela indica as atividades aquáticas para qualquer faixa etária e pelo menos três vezes na semana.

Opções de atividades aquáticas

  • Hidroginástica: essa atividade é feita com a água um pouco acima da cintura e com os pés no fundo da piscina, utilizando ou não equipamentos específicos.
  • Deep Water Exercise: é um dos programas de exercícios aquáticos na vertical, sem impacto, com formatos e combinações criativas.
  • Deep Water Running: é a simulação de corrida em piscina funda, normalmente realizada com auxílio de um colete flutuante.
  • Aquajump: essa modalidade utiliza uma minicama elástica adaptada para a piscina, confeccionada com material não corrosivo e de alta resistência.
  • Ciclismo Aquático: simula manobras de ciclismo indoor na piscina, utilizando bikes e sapatilhas.
  • HidroPower: inicialmente tinha um foco para o condicionamento muscular, entretanto, atualmente, utiliza-se esse nome para caracterizar aulas mais intensas.
  • Lutas na água: são utilizados padrões de movimento (pontapés, saltos, bloqueios e katais) adaptados para dentro da água, criando assim uma atividade intensa, já que o meio aquático promove uma resistência extra.
  • Aulas holísticas: as novidades são Watsu (Shiatsu na água), Aqua Yoga e Water Pilates. Há também os equipamentos voltados para as aulas funcionais na água, tais como o Band Ball, uma mistura do elástico e bolas flutuantes, que trabalha diretamente com a postura do praticante, promovendo controle e consciência corporal.

Texto: Fer Vasconcelos/Colaboradora | Consultoria: Roxana Brasil, personal trainer e consultora em exercícios aquáticos do Rio de Janeiro (RJ)

LEIA TAMBÉM